TJMG proíbe contratação dos aprovados no concurso e Fundasus recorre

Diretor presidente da Fundasus Rogério Zeidan disse que já recorreu da decisão

Diretor presidente da Fundasus Rogério Zeidan disse que já recorreu da decisão

Estão suspensas as contratações dos candidatos aprovados no Concurso da Fundasus, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A medida foi tomada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais e deve prevalecer até que a legitimidade do órgão seja julgada.

A decisão do TJMG foi publicada nesta quinta-feira, 10 de dezembro e determina que o concurso pode ser concluído, mas os aprovados não poderão tomar posse até que seja julgada a ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Nós conversamos com o presidente da Fundasus para saber qual o posicionamento da instituição. Rogério Zeidan informou que a Fundasus irá recorrer para garantir a contração dos aprovados.

O prefeito Gilmar Machado disse que “os aprovados podem ficar tranquilos, pois só será analisada agora a forma de contratação”.

Durante coletiva com a imprensa na manhã de ontem, o prefeito ainda informou que a previsão do executivo é que as contratações comecem em fevereiro de 2016.

Veja nas entrevistas:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *