Mulher é resgatada após ser mantida em cárcere e sob tortura por 3 dias pelo marido

 

Uma mulher de 41 anos foi resgatada na madrugada deste sábado, 29 de agosto, bastante debilitada após ser mantida em cárcere privado e sob tortura em Araguari, no Triângulo Mineiro.

Mesmo com o corpo cheio de hematomas, perfurações de faca e fraturas diversas no braço e dedos das mãos, ela conseguiu acionar a Polícia em um descuido do marido Aurélio Alberto de Morais, de 40 anos.

Os militares chegaram até o local, na Rua Abraão Calil, Bairro Amorim, casa dos fundos, e flagrou toda a situação decorrente da ação criminosa de maus tratos. A mulher estava deitada sobre a cama já sem forças, por não comer nem beber água há três dias.

A Polícia foi recebida pelo autor com muita agressividade e foi preciso usar técnicas de imobilização. A vítima informou que era ameaçada de morte e obrigada pelo autor a beijar outra mulher na boca para que ele ficasse olhando. A segunda vítima conseguiu fugir no segundo dia de cárcere.

Aurélio usava uma barra de ferro e uma faca sem cabo nas torturas e ainda fazia ameaças psicológicas, dizendo que mataria e enterraria o corpo da companheira em uma cova funda no quintal.

O Corpo de Bombeiros prestou socorro e encaminhou a mulher ao Pronto Socorro de Araguari.

Aurélio Alberto foi encaminhado à delegacia e em seguida ao presídio de Araguari. Segundo o boletim policial, ele é usuário de drogas e responde a seis inquéritos policiais, inclusive por uso de entorpecentes.

5 respostas a Mulher é resgatada após ser mantida em cárcere e sob tortura por 3 dias pelo marido

  1. marina disse:

    Se tinha uma segunda vitima que conseguiu fugir, porque ela não acionou a policia? e como ela foi parar lá? Isso também tem que ser investigado.

  2. Tg disse:

    2ª Vítima ou co-autora?

  3. eu mesmo disse:

    POTAQUEPAREO, apanhar desse jeito deve ser ruim demais, ainda mas de um homem feio a cara do proprio demonio, deus me livre guarde!Coitada espero que se recupere fisicamente e psicologicamente!

  4. Alex Felipe Yogoro disse:

    Quem avisou a polícia? As reportagens escrita e filmada contam versões diferentes.

  5. disse:

    Merece morrer esse fdp!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *