Suspeitos de desmanche usavam videomonitoramento e oficina de fachada

 

Esta é a segunda vez em menos de dois meses que a Polícia Militar (PM) de Uberlândia prende suspeitos de desmanche de veículos no mesmo local – uma oficina de fachada na Rua Professor Mário Godoi, Bairro Segismundo Pereira.

João Aparecido Messias, de 40 anos, e Robson Gonçalves Costa, de 36, negaram envolvimento com desmanche, mas Robson havia sido preso no final de junho no mesmo local, pelo mesmo crime.

Na ocasião, a polícia localizou dentro da oficina um caminhão que foi roubado em Campinas, interior de São Paulo. Na época também foram apreendidos dinheiro, arma, munições e rádios HT na frequência da polícia.

Do escritório da oficina e por meio de um notebook que estava em uma casa nos fundos do comércio, os suspeitos monitoravam o movimento na rua. Quando os policiais chegaram na tarde desta quarta-feira, 12, para verificar se no local havia um caminhão roubado em Belo Horizonte, eles tentaram fugir.

Além do caminhão os militares também apreenderam no local motores, tacógrafos, aparelhos de som, três espadas ninjas, telefones celulares, dinheiro e outros três caminhões furtados.

Nas duas ocorrências, os militares chegaram até os caminhões por meio do rastreador. João Aparecido e Robson estavam desmontando o caminhão.

Com informações de Kátia Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *