Projeto pode proibir consumo de bebida alcoólica em postos de combustíveis

O projeto não veta a comercialização de bebidas para a pessoa levar para casa, apenas para consumo na área do posto.

O projeto não veta a comercialização de bebidas para a pessoa levar para casa, apenas para consumo na área do posto.

O consumo de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis poderá ser proibido em Minas Gerais. A ideia é evitar acidentes com jovens que bebem nos postos e depois saem dirigindo.

Por este motivo, o consumo de bebida alcoólica em loja de conveniência pode estar com os dias contatos. Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, pretende proibir  esse tipo de comercialização. De acordo com o projeto, a pessoa pode comprar a bebida e levar para casa, porém não mais beber no local.

Os comerciantes não aprovam a proposta e dizem que podem ter prejuízos com a medida. De acordo com o vice-diretor da Minas Petro, Marcelo Alcântara, o mais importante seria a criação de políticas de conscientização.

“Provavelmente vai ocorrer desemprego e até fechar algumas lojas, pois a venda de bebidas alcoólicas hoje representa mais de 40% do faturamento. Deve ser feito um trabalho de conscientização, porque eles (os jovens) estão não só nos postos, mas também nas choperias, barzinhos e boates. Então não é o local e sim a bebida e a pessoa”, afirmou Marcelo Alcântara.

O vice-diretor informou ainda que caso o projeto seja aprovado, a Minas Petro irá procurar a justiça para entrar com as medidas cabíveis para defender os negócios da empresa.

http://youtu.be/5EDTV6QEyQc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *