Mãe aciona PM depois de 6 dias do sumiço da filha e descobre cárcere

Menor foi resgatada pela polícia e entregue à mãe. Suspeito de mantê-la em cárcere privado também é menor

Uma adolescente de 14 anos foi resgatada pela Polícia Militar (PM) na noite desta quarta-feira (17) em um cárcere privado, no bairro Shopping Park. De acordo com informações do sargento Teodoro, os militares receberam a denúncia da mãe da garota seis dias após o desaparecimento dela.

A PM descobriu o paradeiro da jovem, porque durante as diligências chegou à informação de que ela e colegas teriam ido a uma festa na qual a adolescente ficou em cárcere privado, usando drogas. “Elas vieram para uma festa no Shopping Park desde sábado e essa menina cheirando cocaína ficou em cárcere privado. Ela sabendo que a polícia chegou fugiu da casa, mas nós a capturamos”, disse.

Segundo vizinhos da residência situada à rua Edith Salgado Dias Mutuberri, o local é usado constantemente para festas. Foi apreendido um jovem, também menor de idade, que mora na casa com a mãe e seria quem organizava os eventos. Ele disse à polícia ser namorado da menor. Com ele e na residência, a polícia encontrou diversas porções de drogas.

Sobre a demora em acionar a polícia, a mãe da adolescente justificou. “Ela sempre sai no final de semana e volta no domingo à noite, ou na segunda-feira de manhã, ela vai pra casa do namorado. Só que desta vez chegou a notícia de que ela tinha sido morta.”

Uma resposta a Mãe aciona PM depois de 6 dias do sumiço da filha e descobre cárcere

  1. Não sou responsável disse:

    Pelo jeito a mãe dessa garota não esquenta com nada. Deixar sua filha de 14 anos sair no sábado e não ter horário de retorno, ela é cúmplice do que vier a acontecer com a sua filha.
    Minha gente lugar de filhos e no nosso lado. Precisamos sermos de nossos filhos e acompanhá-los em tudo.
    É isso que dá. Deixa à vontade. E depois, como se diz: chama a Polícia que ela resolve a parada.
    Mãe. Parece que sua pequena “Baby”, já é viciada em drogas. Até o momento você não viu que perdeu sua filha para as drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *