Minas Gerais tem 151 medalhistas de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Na 11ª edição da Obmep, os estudantes mineiros conquistaram pela nona vez consecutiva o maior número de medalhas na competição (Imagem: Obmep)

Na 11ª edição da Obmep, os estudantes mineiros conquistaram pela nona vez consecutiva o maior número de medalhas na competição (Imagem: Obmep)

Estudantes brasileiros que faturaram ouro na 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) já estão com suas medalhas. Os prêmios foram entregues, nessa segunda-feira, 7, pelo Ministério da Educação (MEC), em cerimônia realizada no Rio de Janeiro.

Lucas Monteiro Sales, aluno do 8º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Luiz de Camões, no município de Tumiritinga, na região do Vale do Rio Doce, foi um dos contemplados. Para o estudante, a medalha simboliza o reconhecimento do seu esforço. “Minha cidade é do interior, tem sete mil habitantes e eu sou o único medalhista. Ganhar uma medalha assim me incentiva a me esforçar mais para conseguir outras. Mostra que não é porque moramos em uma cidade pequena que não temos capacidade”, destaca.

Além da medalha de ouro, Lucas conquistou uma medalha de bronze na edição de 2014 da Obmep e tem duas medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Nos dois anos em que ele conquistou a medalha na competição, Gezilaine Monteiro Sales teve importante participação, não só como professora e diretora da escola, mas também por ser mãe do estudante, o que faz com que o orgulho seja dobrado. “Fui professora de Matemática dele no 6º e no 7º anos, os dois anos em que ele foi medalhista. Estou tão orgulhosa que fui pessoalmente acompanhar a entrega da medalha e voltei encantada. Como diretora, estou ainda mais motivada a despertar nos alunos da escola a paixão pela Matemática”, revela.

Na 11ª edição da Obmep, os estudantes mineiros conquistaram pela nona vez consecutiva o maior número de medalhas na competição. Foram 151 medalhas de ouro, 417 de prata e 1.042 de bronze. Ao todo, o estado conquistou 1.610 medalhas. Os alunos ainda conquistaram 10.171 menções honrosas.

Nova Obmep em 2017

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) anunciou durante a entrega das medalhas que, a partir de 2017, a Obmep será integrada à Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), constituindo uma única competição aberta a todas as escolas brasileiras, sem exceção.
A expectativa do Impa é que, com a integração das duas Olimpíadas, a Obmep – que hoje contempla quase 18 milhões de estudantes – alcance 21 milhões de alunos no ano que vem.

A competição

Criada em 2005, a Obmep é a maior olimpíada estudantil do mundo e visa estimular o estudo da Matemática, além de revelar talentos. Em 2015, foram 17,8 milhões de inscritos, em mais de 47 mil escolas de todo o país. O evento é realizado pelo Impa e promovido com recursos do MEC e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *