Jovem leva facada no peito supostamente por causa de som alto

Caique MichaelUm homem foi esfaqueado no peito em uma tentativa de homicídio na madrugada desta segunda-feira, 8 de agosto, no Bairro Bom Jesus, região central de Uberlândia. O motivo, segundo a Polícia Militar (PM) pode ter sido uma briga por causa de som alto.

No início da madrugada a polícia foi acionada por populares que presenciaram um homem sendo esfaqueado na Avenida Sacramento, esquina com a Rua Marciano de Ávila. De acordo com os militares, no local havia uma festa.

Caique Michael de Souza, de 23 anos, foi golpeado no peito por uma facada. O autor, segundo a Polícia Militar, é um homem de 41 anos, que foi identificado, mas não teve a identidade revelada.

Após buscas, o suspeito foi localizado e preso. Ele tem passagem por homicídio na cidade. O crime também foi cometido a facadas.

A vítima foi socorrida por um amigo até o Pronto-Socorro da UFU em estado grave. Caique não tem passagens.

 

3 respostas a Jovem leva facada no peito supostamente por causa de som alto

  1. Buba disse:

    Essa questão de som alto, isto é, muito alto, perturbando o sossego alheio, está bastante comum. Nesse final de semana no “favela da colina” isto é morada da colina acionei a PM várias vezes por esse motivo, sendo que após algumas vezes uma viatura esteve no local pediu para o dono da casa abaixar o som, e o fez, e logo após a saída dos militares do local o povo que estava frequentando a festa começou a vaiar e o som voltou pior, mais alto ainda. A PM foi novamente acionada e fui informado que para que tomassem uma providência deveria ser confeccionado um B.O, pedi para que fizessem, entretanto ninguém apareceu. Resumindo, o som foi até amanhecer o dia, os playboys tudo classe média alta ficaram mais uma vez com a sensação de impunidade. Agora perguntou e se eu resolvesse ir até ao local da festa e fazer a mesma coisa do autor acima?

  2. Destino disse:

    Você com teria o mesmo destino.
    Existem meios legais pra resolver o problema. ..

  3. Supla disse:

    Existem meios legais??? Por favor me fale quais, pois acho que realmente no “favela da colina” a PM deve ter algum receio de agir. Geralmente vão até ao local do evento e pedem para que abaixem o volume, são atendidos, mas logo que saem do local, os jovens filhinhos de papai aumentam o som e que se danem os vizinhos. De certa forma dou razão ao Buba, pois por várias vezes penso em ir e resolver o problema eu mesmo.

Deixe uma resposta para Supla Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *