UFU receberá corpos não reclamados para ensino e pesquisa

UFU receberá corpos não reclamados para ensino e pesquisa

Laboratório de Ensino de Anatomia Humana atende alunos de 15 cursos

A UFU está apta a receber, da Polícia Civil de Minas Gerais, doações de cadáveres humanos não reclamados. O recredenciamento da universidade foi realizado junto ao órgão no dia 16 de maio deste ano. Os corpos serão utilizados para ensino e pesquisa no Instituto de Ciências Biomédicas da universidade (Icbim/UFU).

Há dez anos o Laboratório de Ensino em Anatomia Humana, do Icbim, não recebe peça anatômica nova. No laboratório, são ministradas aulas práticas para estudantes de graduação das áreas de Exatas e de Ciências Biológicas e da Saúde. São 15 cursos da graduação, como Medicina, Biologia, Fisioterapia, Educação Física, Engenharia Biomédica e Física Médica.

A utilização de cadáver não reclamado, para fins de estudos ou pesquisas científicas é regulamentada pela Lei 8.501, de 1992. A legislação proíbe a doação, no entanto, quando houver indício de que a morte tenha resultado de ação criminosa. “Para vir para o Laboratório de Anatomia, para estudos, não pode ser advindo de morte violenta. A lei não permite”, esclarece a docente Daniela Cristina de Oliveira Silva, do Icbim.

Além do recredenciamento, o instituto criou o projeto Além da Vida, com o objetivo de receber a doação voluntária de corpos. O doador deve informar à família o seu interesse e formalizar o desejo no Setor de Anatomia do Icbim (veja matéria sobre o assunto no Jornal da UFU nº 167). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (34) 3225-8474.

UFU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *