Rondon Pacheco deixa a Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Foto: Agência Minas

Foto: Agência Minas

Um boletim médico divulgado nesta quinta-feira, 23, informou que o paciente Rondon Pacheco, 96 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Na quarta-feira, ele havia tido uma melhora significativa ao conseguir respirar sem ajuda de aparelhos. Apesar da recuperação progressiva do quadro clínico, o quadro ainda inspira cuidados.

As informações são do médico e coordenador da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular uberlandense Dr. Thulio Marquez Cunha.

Rondon Pacheco está internado em Uberlândia desde o 12 de junho, quando foi hospitalizado com quadro de pneumonia. A pedido da família, ele foi transferido de um hospital particular do Rio de Janeiro, onde havia dado entrada no dia 10.

O uberlandense, nascido em 1919, tem tido melhoras progressivas, conforme boletins médicos divulgados diariamente. O político é filho de Raulino Cota Pacheco e Nicolina dos Santos Pacheco. Foi deputado estadual, federal, ministro de Estado e governador de Minas Gerais, sendo o primeiro uberlandense a ocupar cargo de parlamentar em âmbito estadual e nacional e o único cidadão da cidade a ser governador mineiro e ministro de Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *