Justiça mineira desbloqueia contas da Fundasus

TJMG desbloqueia contas da Fundasus

TJMG desbloqueia contas da Fundasus

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais suspendeu a decisão do juiz da Primeira Vara da Fazenda, João Ecyr Mota Ferreira. e desbloqueou as contas da Fundasus (Fundação Saúde de Uberlândia). A decisão foi arbitrada pelo desembargador Oliveira Firmo, da sétima Câmara do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

A equipe de reportagem do Na Hora Vitoriosa conversou com o Procurador do Município, Adir Claudio Campos, que explicou como foi feita a defesa que culminou com a decisão de suspender o bloqueio.

“Foram por duas razões. A primeira delas é que a medida afeta diretamente a população, uma vez que a Fundasus presta serviço de saúde pública, que é um direito fundamental do cidadão. De forma que o estado não pode interferir  no funcionamento de serviço de saúde por qualquer conveniência ou qualquer outra medida”, disse.

O Procurador do Município, Adir Claudio Campos, relata que as contas do prefeito Gilmar Machado, do ex diretor e do atual da Fundasus,  também bloqueadas pela Justiça, não são “defendidas” pelo Município,por isso,  os advogados particulares estão atuando junto ao TJMG.”Mas as alegações deles vão ser decididas pelo mesmo desembargador”, afirmou.

Assista a entrevista completa com o Procurador do Município Adir Claudio Campos, feita pelo repórter Vinicius Lemos, com imagens Rafael Miranda.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *