Centro de Referência e Seminário valorizam as Práticas Complementares em Saúde

Uipi NotíciasO Centro de Referência das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) será inaugurado nesta sexta-feira (11), às 10h. O prédio fica à rua Duque de Caxias, 63, e oferece à população os tratamentos complementares. Os encaminhamentos são feitos pelos profissionais nas unidades de saúde.

A Prefeitura de Uberlândia também realiza a partir desta sexta-feira (11) o II Seminário de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) de Uberlândia. As atividades terão o formato de oficinas terapêuticas e palestras que vão acontecer no auditório do Centro Administrativo, na sexta às 18h30. Nos dias 12 e 13, sábado e domingo, as atividades serão no auditório do Bloco 3Q da UFU, Campus Santa Mônica, às 8h30.

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde agregam novos recursos terapêuticos aos métodos de medicina tradicional. Seguindo o modelo de humanização, contempla as áreas de homeopatia, plantas medicinais, medicina antroposófica e medicina tradicional chinesa como a meditação, acupuntura, massoterapia e reiki nas ações de saúde do Sistema Único de Saúde.

Em Uberlândia, desde 2013 as práticas trouxeram uma abordagem que utiliza métodos de prevenção natural. Profissionais multidisciplinares, por meio de uma abordagem holística aliada a novos recursos terapêuticos, mostram eficácia satisfatória no tratamento de várias doenças.

A segunda edição do encontro dos profissionais ligados ao tema surge da comprovação de que as PICs auxiliam no tratamento a saúde de pacientes, principalmente com dores, inflamações e disfunções. Segundo o coordenador das PICs em Uberlândia, Abrahão Nunes, a principal característica das práticas é promover o equilíbrio do ser humano, por meio de uma abordagem integral, dinâmica e individualizada, com foco na saúde e não na doença. “Esta abordagem busca inovação de uma perspectiva que soma qualidade à alopatia, priorizando cuidar e humanizar mais o tratamento da população”, disse.

Segundo a médica Tânia Helena Álvares, a premissa desta abordagem é considerar o indivíduo como ponto chave no processo de tratamento e cura das enfermidades. A médica explica que estes recursos somam qualidade aliados ao trabalho da atenção primária à saúde. “As Pics são ferramentas que completam a medicina convencional. Com estes recursos terapêuticos podemos auxiliar a autonomia que cada indivíduo possui para contribuir com a sua cura”, disse.

Serviço:

O quê: Inauguração do Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde

Quando: 11 de março

Horário: 10h

Onde: Rua Duque de Caxias, 63, Centro

O quê: II Seminário de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) de Uberlândia

Quando: 11,12 e 13 de março

Locais e horários: Dia 11 (18h30) – auditório do Centro Administrativo Municipal

Dias 12 e 13 (8h30) – Auditório do Bloco 3Q da UFU, Campus Santa Mônica

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *