Volume de negócios na Fenicafé 2016 deve ultrapassar R$ 30 milhões

Imagem: TV Vitoriosa

Imagem: TV Vitoriosa

Este ano três eventos acontecem simultaneamente à maior feira do setor no país. O Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura do Cerrado, a feira de irrigação em café e o simpósio de pesquisa em cafeicultura irrigada. Encontros que trazem a Araguari os maiores especialista do assunto na atualidade. Mas os lados tecnológico e comercial da Fenicafé continuam sendo atrações à parte, com as últimas novidades para quem produz, quem comercializa, e para quem transforma a matéria prima em obras de arte da gastronomia brasileira.

Preocupação que fica clara na cobrança de quem é do ramo. No campo e na política. O prefeito Raul Belém sabe dos desafios que vem pela frente na cafeicultura irrigada.

O produtor e representante da cidade no cenário político não teve uma resposta específica para o assunto por parte do vice-governador, que fez um tour pelos estandes da feira e até tomou café com lideranças do setor. Mas Antônio Andrada disse que o governo mineiro está atento às necessidades do produtor.

Política à parte, o que a maior feira do gênero no país quer mesmo é se superar de novo. A organização espera um volume de negócios superior a 30 milhões de reais. E o que mais importante. Manter a cidade de Araguari, com referência da cafeicultura brasileira.

Por Carlos Vilela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *