Uberlândia está pronta para receber a Tocha Olímpica

735389480-tochaEstá tudo pronto para a passagem da Tocha Olímpica por Uberlândia. Prefeitura de Uberlândia, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Exército estarão juntos na mobilização para garantir que o evento seja realizado com sucesso e segurança.

O evento foi discutido nesta quinta-feira (3), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, com a participação de representantes das cidades que receberão a Tocha no Estado.

Uberlândia faz parte da Rota do Revezamento da Tocha Olímpica no Brasil. A Tocha sairá dia 21 de abril da Grécia e chegará ao Brasil no dia 3 de maio. Em Uberlândia, a Tocha chegará no dia 7 de maio, às 16 horas, vinda de Araguari. A Tocha passará por 35 cidades de Minas Gerais, mas dormirá apenas em oito delas, onde acontecem os eventos de celebração. “Minas Gerais é o Estado que tem mais cidades participando do revezamento da Tocha Olímpica. Temos certeza que o evento será um sucesso”, comentou a gerente regional de Revezamento da Tocha Olímpica em Minas Gerais, Ingrid Cano.

O trajeto será feito em três regiões da cidade – bairros das zonas Sul, Norte e Centro – e terá 16 quilômetros. O revezamento será feito por 86 atletas locais, sete deles indicados pela Prefeitura de Uberlândia, pois estão participando dos Jogos Olímpicos. Os demais são pessoas da cidade que se candidataram para participar do evento. Cada um deles ficará em pontos planejados para que a Tocha seja trocada de mão a cada 200 metros.

Haverá um comboio formado por todos os organizadores do evento – PM, PRF, Exército e Prefeitura de Uberlândia – que seguirá o atleta inicial. Fará parte deste comboio um ônibus que recolherá os atletas que já passaram a Tocha, e outro ônibus entregará mais atletas em pontos onde a Tocha ainda irá passar. Haverá um cordão de isolamento para organizar o trajeto, e a população poderá ver a passagem da Tocha de bem perto, rente ao cordão.

“Nesses locais o trânsito será momentaneamente fechado, e liberado logo em seguida, assim que a Tocha passar”, explica a coordenadora do Comitê Local de Uberlândia para o Revezamento da Tocha Olímpica, Maura Rúbia Adad. Maura afirma ainda que a Prefeitura de Uberlândia dará todo o suporte para os atletas, com acompanhamento médico, água e transporte até o local onde ficará esperando a Tocha.

Expectativas

Sobre a expectativa em relação ao evento, Maura acredita que haverá grande interesse da população e das cidades vizinhas. “Uberlândia já tem um histórico de recebimento de delegações de atletas em eventos diversos. A cidade está preparada e o público acostumado a acompanhar eventos esportivos. No ano passado, por exemplo, recebemos a 63ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). E em 2013, recebemos o Campeonato Mundial de Voleibol Masculino Sub-23. Além disso, receberemos três delegações de países que participarão das Olimpíadas: Bélgica, Sérvia e Irlanda”, diz Maura Adad.

Sobre o recebimento de delegações de países que participarão das Olimpíadas, o secretário executivo do Núcleo de Articulação Minas 2016, Adenilson de Sousa, completa: “Minas Gerais é o único Estado brasileiro que tem um programa de captação de delegações”.

Celebração

Quase três horas depois que a Tocha Olímpica tiver percorrido as ruas de Uberlândia, por volta das 19h, haverá o evento de celebração da passagem da Tocha pela cidade, no pátio do Teatro Municipal, na avenida Rondon Pacheco, no bairro Tibery. Toda a programação será gratuita, as pessoas poderão se aproximar e ver a Tocha e os shows de pertinho.

Dois artistas de Uberlândia foram escolhidos pela prefeitura para estar neste palco, um para abrir o evento e outro para encerrar. Os nomes ainda são surpresa. “O objetivo é valorizar os artistas locais”, ressalta Maura Adad.

Finalizado o evento, a Tocha Olímpica (que nunca se apaga, vem acesa da Grécia e fica o tempo todo em chamas, com uma tecnologia especial para isso) dormirá em um hotel de Uberlândia e de lá seguirá para Patos de Minas.

Prefeitura de Uberlândia

Uma resposta a Uberlândia está pronta para receber a Tocha Olímpica

  1. José Antônio disse:

    Não seria campeonoto mundial de Handebol sub-23?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *