Saiba mais sobre transtorno do humor bipolar

Imagem: Divulgação / Internet

Imagem: Divulgação / Internet

Uma das doenças mais intrigantes da psiquiatria, que cuida das alterações, excessos e sofrimentos da mente é, sem dúvida, o Transtorno Humor Bipolar (THB). É desafiador porque o indivíduo na maioria das vezes não reconhece que tem o problema: se está em depressão pode não ter ânimo de marcar uma consulta, sem está em euforia nega que tenha algum problema.

O Transtorno de Humor Bipolar é uma doença séria. Não se trata de simples variações de humor que ocorrem no cotidiano, mas de variações patológicas. Como a vida afetiva se conecta com as demais funções psíquicas, todo psiquismo é afetado. As pessoas alternam entre períodos de muito bom humor, irritação e depressão. A doença afeta cerca de 1 a 3% da população. Ou seja, numa cidade como Uberlândia que possui cerca de 660 mil habitantes, quase 20 mil pessoas podem padecer do problema, número bem significativo.

Os portadores de THB apresentam crises de mania ou hipomania (elevação patológica do Humor, aumento da energia e da atividade física e mental), de depressão (rebaixamento do Humor) e períodos de normalidade ou Eutimia. É comum a mistura desses sintomas. Pode desenvolver crenças irreais, geralmente grandiosas, desconexas da realidade. Os episódios de depressão predominam sobre os de euforia ao longo da vida nos dois tipos, isso significa que o paciente bipolar vive mais em crises de depressão.

As causas ainda são desconhecidas, mas acredita-se que peculiaridades genéticas associadas a estressores ambientais estejam presentes.

É importante ressaltar que o diagnóstico de Transtorno do Humor Bipolar é feito mediante avaliação clínica do Psiquiatra e não há exames complementares que detectam a doença. Estes quando solicitados são para avaliação de condição médica geral associada e diagnóstico diferencial com outras doenças.

Como é o paciente em Hipomania e Mania?

O paciente em Hipomania fica mais disposto que o normal, trabalha mais, fala muito, conta piadas, faz muitos planos, não se sente cansado, deseja muito, tem aumento da energia, da atividade física e mental, mas não produz problemas sociais e familiares importantes, geralmente passando despercebido.

Já o paciente em Mania manifesta acentuada elevação do Humor com euforia, irritabilidade, aumento da energia, agitação psicomotora, aceleração do pensamento,

pensamentos grandiosos e acarreta significativo prejuízo social e familiar.

O falar torna-se fácil, não há silêncio, as palavras fazem pressão para sair da boca, os pensamentos ficam acelerados, abundam ideias e projetos, nada parece impossível, pode embarcar em inúmeros projetos, negócios, gastando dinheiro que tem ou não, fazendo empréstimos, doações, dominam-lhe certezas de sucesso e empolgação. Sente uma energia e poder fora do comum. Torna-se grandioso, por vezes delirante, pode dizer facilmente, por exemplo “sou dono do Facebook, do Google”. Diminui sua necessidade de dormir. Aumenta o desejo sexual e fica sexualizado. É comum ficar irritável, hostil e agressivo com os outros.

O paciente dificilmente reconhece que está doente e geralmente são familiares ou pessoas do ambiente social que o leva para tratamento.

Depressão Bipolar: A outra face do THB

O paciente nas crises depressivas, diferentemente fica com humor triste, indiferente, apático ou irritável, diminui o interesse para tudo, surge um sentimento de tédio, de falta de sentimento, de pessimismo, desesperança. Pode haver dificuldade para realizar atividades, comer e cuidar-se, falta de iniciativa, indecisão ou inquietação. O pensamento pode estar lento, com medos excessivos, ideias de arrependimento, culpa, ruminações autodepreciativas. Pode aparecer ideias de morte, desejo de desaparecer e pensamentos de suicídio.

O Tratamento

O tratamento psiquiátrico inclui o gerenciamento de uma doença complexa, com fatores psicológicos, biológicos e sociais, utilização de psicofármacos e psicoterapia.

É uma doença que tem controle e vale muito a pena tratar pois a pessoa além de se sentir mais equilibrada consegue organizar e planejar melhor sua vida, tanto no trabalho (geralmente são muito competentes) como familiar assegurando uma maior qualidade de vida.

Por: Dr. Wendell Ribeiro Oliveira – Médico Psiquiatra

Uma resposta a Saiba mais sobre transtorno do humor bipolar

  1. Andrea disse:

    Excelente matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *