Adolescente é encontrado amarrado em casa, no Alto Paranaíba

Garoto é achado amarrado em presidente olegárioUm adolescente de 13 anos, foi encontrado amarrado em uma casa no bairro Dona Benta em Presidente Olegário. Segundo o Conselho Tutelar, a cuidadora do garoto acionou a psicóloga da Prefeitura Municipal solicitando a internação do menino em um sanatório. Acompanhada do Conselho Tutelar, a psicóloga foi até a residência e por uma porta de vidro viram que o menino estava amarrado. De imediato a Polícia Militar (PM) foi acionada, resgatando o garoto.

A PM informou que ao chegar na residência, o garoto estava bastante agressivo. “O menino não estava amarrado, mais estava com sinais de amarramento nos punhos e a cuidadora com hematomas pelo corpo e mordidas da criança”, relatou o Tenente Fernandes.  A criança e a cuidadora foram encaminhados para o Hospital Regional Darcy José Fernandes. “A ocorrência foi registrada como maus tratos e a cuidadora não foi presa porque também precisou de atendimento médico” completou o Tenente.

Garoto é achado amarrado em presidente olegário 2Segundo a psicóloga, o menino foi abandonado em UTI Neo Natal pela mãe e foi adotado. Atualmente a mãe adotiva mora em Brasília – DF – e o garoto em Presidente Olegário com essa cuidadora. Ainda segundo a psicóloga, o menino tem deficiência mental. Ele foi atendido por um psiquiatra e está sendo medicado. De acordo com o Conselho Tutelar, os pais adotivos do garoto já estão em Presidente Olegário para apurar o caso. “Estamos apurando se o garoto estava amarrado somente naquele dia para o conter, uma vez que estava muito exaltado, ou se o fato estava ocorrendo sempre” disse o Conselho Tutelar.

O Conselho Tutelar também informou que os pais adotivos do garoto vão providenciar a internação dele em uma clínica particular. O caso de maus tratos será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Presidente Olegário Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *