Falta de verba compromete funcionamento de hospital em Tupaciguara

Imagem: Cláudio Costa/ TV Vitoriosa

Imagem: Cláudio Costa/ TV Vitoriosa

Por conta de uma tosse por vários dias e dor no corpo dona Vosmarline procurou atendimento médico.

Esse pode ser um dos últimos atendimentos neste hospital que deve fechar as portas no dia 30 de dezembro. O motivo é a falta de verbas suficientes para manter a estrutura. O hospital São Lucas é particular, mas mantém um contrato com a prefeitura para atendimentos de casos de urgência e emergência. Como o contrato poderá ser cancelado não haverá condições de manter o funcionamento.

Além do encerramento do contrato que dura desde 2002, ainda existe uma dívida de mais de R$ 790 mil da prefeitura com o hospital. O último repasse de verbas aconteceu no mês de novembro no valor de mais de R$ 58 mil sendo que o repasse seria de R$ 250 mil mensais.

São mais de 150 atendimentos mensais no hospital por meio do convênio. O contrato da prefeitura com o hospital tem vigência até o dia 31 de dezembro de 2016. Segundo a direção do hospital, o atendimento de urgência e emergência será transferido para esta unidade de saúde onde hoje funciona como ambulatório e que deverá ser transformado em pronto socorro. A previsão é que os atendimentos comecem em janeiro. Este vereador vai entrar com pedido para que haja a quitação da dívida.

Caso o hospital realmente encerre as atividades todo atendimento será feito somente na Policlínica ou em cidades de outras cidades como em Uberlândia que fica a 60 quilômetros da município.

Entramos em contato com a prefeitura de Tupaciguara para comentar sobre o assunto. A informação que recebemos é que não houve uma formalização da transferência de casos de urgência e emergência do hospital para a Policlínica.

Por Fernando Souza

2 respostas a Falta de verba compromete funcionamento de hospital em Tupaciguara

  1. rodrigo disse:

    Triste essa noticia, a saúde no Brasil só piora.
    OBS:a distância entre os dois municípios é de 69 km.
    E qual o nome do vereador citado na matéria?

  2. Pingback: Falta de verba compromete funcionamento de hospital em Tupaciguara | Conselho de Veneráveis do Triângulo – CVT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *