Represa do Parque do Sabiá será liberada para a prática do esporte aquático com remo

Represa do Parque do Sabiá será liberada para a prática do esporte aquático com remo 2A represa do Parque do Sabiá ganhou mais vida com a liberação do espaço para praticantes do esporte aquático com remo. A apresentação da novidade fez parte da 7ª edição do Café do Esporte, que aconteceu neste sábado (21), na sede da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel). Amantes do remo, marinheiros de primeira viagem, crianças e até campeão na modalidade entraram na água no fim da manhã para a primeira expedição em grupo na represa.

Canoagem e o stand up paddle estão entre as modalidades liberadas na represa aos finais de semana e feriado. Por enquanto, a liberação será durante o período de quatro meses do verão. Em breve, segundo Cassius Emannuel, diretor do Kaiakar, grupo de caiaque de Uberlândia, a prática será diária. “Desde 2012 tentávamos essa liberação, que agora deu certo. Temos uma riqueza de água aqui dentro da cidade que não era utilizada, mas agora o cenário é outro. Nossa prática não polui e com consciência o espaço será muito bem usado. Essa conquista é histórica e não só para os adeptos do remo, mas para o cidadão que passa a ter mais um espaço para atividades de lazer e esporte”, destacou Cassius Emannuel, informando que o Kaiakar tem hoje mais de mil integrantes e amantes do esporte aquático com remo.

Nos próximos dias, a Futel irá publicar uma portaria definindo as normas de utilização da lagoa. Os praticantes terão que preencher um formulário e obter uma autorização, emitida pela Futel para a entrada na represa. Quem também aprovou a iniciativa foi o atleta João Kennedy Carvalho, que já foi cinco vezes campeão mineiro de canoagem e campeão da Copa Brasil. “A prática dessa modalidade acabou ficando restrita por não ter local próximo. Era preciso percorrer cerca de 40 quilômetros para remar, mas com essa liberação tudo será facilitado, pois agora temos a represa do Parque do Sabiá, que fica dentro da cidade”.

Para o diretor da Futel, Marcio Nobre, a liberação da represa é mais um avanço nas ações realizadas pela autarquia, que busca promover o debate constante sobre todas as modalidades esportivas. “Além de ouvirmos os anseios do setor, em cada edição do Café do Esporte prestamos reconhecimento às pessoas que fazem a diferença e contribuem para as conquistas desse segmento na cidade. O Parque do Sabiá ganha um peso a mais com a chegada do esporte aquático com remo”.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *