Já estão disponíveis as inscrições para o 2° Encontro Regional de Educaçã

Uberlândia sedia pela segunda vez o Encontro Regional de Educação. O evento, realizado pela Prefeitura de Uberlândia, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), acontece dia 29 de outubro na Arena Sabiazinho, das 7h às 17h. São esperados mais de 5 mil educadores de Uberlândia e de cidades da região. Para participar basta se inscrever gratuitamente pelo endereço eletrônico www.bit.ly/2encontroregional. Com o tema “Tecendo Redes Pelo Direito de Ensinar e Aprender”, os magistrados irão discutir sobre a importância social da educação, como se deve garantir o acesso à educação de qualidade e a necessidade de se trabalhar em rede.

A programação contempla uma mostra pedagógica em que diversas escolas irão apresentar seus projetos, divulgando as práticas vinculadas à construção da qualidade social da educação fortalecendo, assim, um espaço para troca de experiências de projetos que deram bons resultados. O encontro também tem como proposta proporcionar formação contínua como valorização dos profissionais da educação.

A socióloga Viviane Mosé vai ministrar uma palestra sobre a democratização e participação popular na educação em redes, construindo coletivamente a escola pública popular, democrática e de qualidade referenciada. Viviane é filósofa, psicóloga, psicanalista e especialista em elaboração e implementação de políticas públicas. Mestre e doutora em filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Publicou sua tese de doutorado “Nietzsche e a grande política da linguagem” em 2005, pela editora Civilização Brasileira.

Escreveu e apresentou, em 2005 e 2006, o quadro “Ser ou não ser”, no programa Fantástico, da Rede Globo, onde trazia temas de filosofia para uma linguagem cotidiana. Tem diversos livros de poesia, filosofia e psicanálise publicados.

De acordo com a secretária de Educação, Gercina Novais, o encontro vai fomentar a educação, enquanto direito de todos e dever do Estado, e deve ser baseada nos princípios da democracia. “Através da Rede pelo Direito de Ensinar e Aprender queremos ampliar as fronteiras da escola, criando consciência coletiva de responsabilidades, permitindo a participação de todos os sujeitos da sociedade nas decisões sobre as práticas educativas”, disse.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *