Oficineiros vão compartilhar arte e histórias de vida na Conferência da Juventude

Sua arte está estampada em diversos muros e paredes da cidade e chama a atenção de quem passa. As cores e os traços se confundem com a história do grafiteiro Dequete, que conheceu nas ruas, as drogas e o crime, mas que também fez dela sua tela de pintura e superação.

Foi através do grafite que o artista conseguiu se reconciliar com a sociedade. Hoje, ele faz um trabalho social voltado para crianças e adolescentes em que compartilha as técnicas de grafitar e conta como superou os vícios e recomeçou a vida depois de levar seis tiros à queima-roupa.

Dequete será um dos artistas que ministrará a oficina de grafite na Conferência Municipal da Juventude, que acontece no dia 08 de agosto, das 13h às 22h, na Praça Sérgio Pacheco. Sua história de vida e superação serve de inspiração para as novas gerações. “Os jovens querem falar, e se não ouvirmos eles, buscarão outras formas de se expressarem”, disse.

Por isso, a Prefeitura de Uberlândia quer ouvir o que os jovens têm a dizer. E as oficinas servirão para proporcionar um espaço de interatividade e debate.

Além do grafite, haverá oficinas de música, cinema, teatro e capoeira. Músico há 20 anos, Tom Meraki desenvolve há três anos um projeto que transforma materiais recicláveis como garrafa pet, latas, sucata, papelão, tubos de PVC, em instrumentos musicais. Ele conta que foi através da busca por timbres sonoros diferentes que resolveu construir seus próprios instrumentos, alguns, inclusive, custam em torno de R$ 40 mil no mercado. Por um preço bem mais acessível e utilizando produtos que teriam como destino provável a lixeira, Tom transforma a matéria-prima em arte e ainda contribui com o meio ambiente.

Durante sua oficina, ele apresentará o projeto aos jovens, além de dar a oportunidade para que eles conheçam também conceitos de música. “Quero mostrar que qualquer material tem potencial para virar instrumento e despertar nestes jovens um olhar diferente do que pode ser aproveitado com o que está a nossa volta”, ressalta Meraki.

Nas oficinas, além da arte propriamente, serão debatidos temas como Trabalho e Formação Profissional; Diversidade e Igualdade; Direito à Cidade; Saúde e Sexualidade; e Direito à Lazer, Cultura e Esporte.

Sobre a Conferência

O evento é gratuito e qualquer pessoa pode se inscrever pelo link disponível no site da Prefeitura.

A Conferência Municipal da Juventude será realizada pela Prefeitura de Uberlândia, através da Superintendência da Juventude, que é ligada à Secretaria de Governo. A expectativa é que cerca de 1000 jovens participem das atividades. Segundo a superintendente da Juventude, Patrícia Cunha, este é o momento da juventude apresentar para a Administração municipal suas demandas e anseios a fim de que o poder público possa oferecer mais direitos sociais a esse segmento.

Para encerrar o evento o “Festival da Juventude” agitará a noite dos participantes em um momento de lazer e integração. Haverá apresentação da Banda Kamikaze, encontro de MC’s e apresentação de teatro e dança.

Serviço:

Conferência Municipal da Juventude

Dia: 08 de agosto

Horário: das 13h às 22h

Local: Praça Sérgio Pacheco

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *