Filho tenta proteger os pais de agressão e mata o próprio irmão em Lagoa Formosa

Imagem: Patos Hoje

Imagem: Patos Hoje

Um assassinato no início da madrugada desta segunda-feira (27) chocou os moradores de Lagoa Formosa.

Um homem de 35 anos matou o próprio irmão a golpes de canivete. Ele foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil. A vítima, de 28 anos, teve o corpo levado para o IML de Patos de Minas antes de ser liberado para a família.

O crime aconteceu por volta de 1h da madrugada desta segunda-feira. De acordo com informações da Polícia Militar, Márcio Túlio Souza Braga, de 28 anos, chegou em casa na rua Franklin, no centro der Lagoa Formosa, bastante exaltado e começou a exigir dinheiro dos pais. O rapaz é usuário de drogas e tem diversas passagens pela polícia.

Em determinado momento, o jovem partiu para agredir os pais. O irmão mais velho, Luiz Carlos de Souza Braga, 35 anos foi chamado até a casa dos pais e também passou a ser agredido. Ele então se armou com um canivete e acabou assassinando o próprio irmão. Foram pelo menos 11 golpes, atingindo Márcio Túlio nas costas, no peito e no braço.

O jovem chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Regional em Patos de Minas, mas não resistiu aos ferimentos. Márcio Túlio, conhecido como Choque, era agressivo e tinha outras passagens pela Polícia. Em setembro de 2010, ele atacou um sargento, desferindo um golpe de faca no pescoço do policial militar.

Luiz Carlos foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil de Patos de Minas.

Fonte: Patos Hoje

Uma resposta a Filho tenta proteger os pais de agressão e mata o próprio irmão em Lagoa Formosa

  1. DEXTER disse:

    Melhor seria usar o termo AGIU EM LEGITIMA DEFESA em vez de assassinou, mais um que vai sentar no colo do capeta graças as drogas.

    Mas não tem nada não logo vão liberar as drogas afinal elas não fazem mal dizem especialistas, o que faz mal é combater a droga segundo os mesmos especialistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *