Escola de samba de Uberlândia deixa restos de carros alegóricos em terreno

lixo_escola_sambaRestos de carros alegóricos de uma escola de samba da cidade de Uberlândia foram deixados em um terreno na Rua Geraldo Mota Batista, esquina com a Avenida Vasconcelos Costa, no Bairro Daniel Fonseca, ao lado do Parque Linear do rio Uberabinha. O terreno se tornou um verdadeiro depósito de lixo.

Em período de chuvas, o acúmulo de água entre os materiais é uma preocupação, já que aumenta os riscos de proliferação do mosquito da dengue (aedes aegypti) e também de outros insetos  e animais peçonhentos.

A Secretaria Municipal de Comunicação, em nota de esclarecimento, disse que em reunião com a Comissão Organizadora foi acordado que a Secretaria Municipal de Cultura colaboraria com as escolas fornecendo o guincho para remoção dos carros.

Assim, a destinação dos carros alegóricos da escola Garotos do Samba para o terreno aberto foi solicitado pela própria escola, uma vez que este terreno é de propriedade da mesma, tendo sido doado pela Prefeitura Municipal no ano de 1991.

Portanto, a Secretaria Municipal de Cultura e a Prefeitura Municipal não são responsáveis pela acomodação dos carros no local, tendo somente realizado o apoio logístico para transporte dos equipamentos.

A Secretaria de Cultura fará uma nova reunião esta tarde com a direção da escola solicitando a retirada do material no terreno, no Bairro Daniel Fonseca. Caso não haja entendimento, a Secretaria de Serviços Urbanos fará a notificação à escola de samba e providenciará a retirada do material, estando a escola sujeita a multa.

Thaís Zago com informações de Fernando Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *