Prefeito de Uberlândia assume consórcio responsável pela implantação do Samu

Imagem: Prefeitura de Uberlândia

Imagem: Prefeitura de Uberlândia

Tomou posse na noite de ontem (16) a nova diretoria da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba (AMVAP). Após dois mandatos consecutivos à frente da entidade, o prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado, passou o cargo ao prefeito de Centralina, Elson Martins.

Juntamente com o novo presidente, foi empossado o primeiro vice-presidente Sérgio Pazini, prefeito de Indianópolis. Já os cargos de segundo e terceiro vice-presidente foram ocupados respectivamente pela prefeita de Tupaciguara, Edilamar Novais Borges, e pelo prefeito de Gurinhatã, Willian Damasceno de Araújo.

O prefeito uberlandense deixa o cargo, mas continuará ativo nas atividades da associação. Em fevereiro de 2015, ele assumirá a presidência do Consórcio Público Intermunicipal da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Norte (CISTRI), que será responsável pela implantação do Serviço Móvel de Urgência (Samu).

A criação deste consórcio e a implantação do Samu foram alguns dos destaques da administração de Gilmar Machado, apresentados durante a cerimônia.

Outros projetos também ganharam ênfase como a criação do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (CIDES), que criará projetos para as áreas de meio ambiente, resíduos sólidos e energia. Através do consórcio foi possível contratar a empresa que fará manutenção da iluminação pública para 21 cidades a partir de 2015.

Durante a gestão de Gilmar Machado, a discussão sobre a criação da região metropolitana do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba ganhou força. A criação da região metropolitana irá contribuir para o fortalecimento dos municípios e mais investimentos do Governo do Estado.

Na agricultura, matriz econômica de muitos municípios do Triângulo e Alto Paranaíba, destacou-se a entrega de 22 máquinas retroescavadeiras, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Outro importante avanço na área rural nos últimos dois anos foi a implantação da Sala da Cidadania Digital que concentra em um portal todos os serviços prestados pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A iniciativa evita que os assentados tenham que se deslocar a Belo Horizonte para serem atendidos.

Durante seu discurso, Gilmar Machado agradeceu aos prefeitos da região pela confiança e participação durante seu mandato. “Não é possível desenvolver uma cidade se nós não tivermos parceiros. Uma cidade sozinha não vai para lugar nenhum, não importa o tamanho dela. E é dessa forma que pensamos e tentamos desenvolver o nosso trabalho”, disse. O prefeito destacou, também, a necessidade da descentralização dos serviços e atendimentos, desenvolvendo, assim, toda a região. “Uberlândia só é forte e só é grande porque ela tem o apoio da região. Por isso, ela tem que ajudar no desenvolvimento das outras cidades”, acrescentou.

O novo presidente, Élson Martins, agradeceu aos prefeitos a oportunidade que lhe foi dada para presidir a AMVAP. “Toda honra só é válida se nós fizermos por merece-la”, disse. Ele destacou também que para os próximos anos virão desafios, mas que juntos todos enfretarão com firmeza, disciplina e dignidade.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *