Uberlândia tem queda nos índices de criminalidade

Coletiva PM redução da criminalidade em UberlândiaOs índices de criminalidade em Uberlândia estão em queda conforme apontam os dados relativos à segurança pública. Os números referentes à cidade e à 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp) foram apresentados, nesta quarta-feira (10), no Centro Administrativo Municipal, ao prefeito Gilmar Machado, à imprensa e a representantes de entidades pelo comandante da 9ª Região de Polícia Militar (9ª RPM), coronel Volney Marques, e pelo delegado Samuel Barreto de Souza, chefe do 9º Departamento de Polícia Civil de Uberlândia.

Os dados demonstram que os investimentos na área de segurança pública resultaram em mais segurança para a população. De acordo com o relatório apresentado, em Uberlândia, em um comparativo entre o total de crimes violentos acumulados até 30 de novembro de 2013 e o mesmo período em 2014, houve uma queda substancial de 8,34%. Considerados uma grande preocupação pelas forças policiais, os homicídios consumados no Município também tiveram queda de 21,01% no mesmo período.

De acordo com o comandante da 9ª RPM, as quedas são resultados de mudanças na gestão dos serviços e dos profissionais envolvidos no combate aos crimes. “Mudamos a forma de pensar e de fazer políticas militares. Focamos principalmente no combate ao tráfico de drogas, que é um dos principais responsáveis pela criminalidade, inclusive na motivação dos homicídios”, disse Volney Marques. Ele destacou que Uberlândia é uma exceção no combate aos crimes e que cidades do mesmo porte dificilmente conseguem resultados semelhantes.

Para o delegado da Polícia Civil, o combate ao tráfico de drogas também é um dos principais mecanismos para a queda dos homicídios. “Geralmente, o tráfico de drogas está por trás de todos os demais crimes. Ele sendo combatido, reduzimos não somente os homicídios, como os demais crimes”, afirmou Samuel Barreto. Outro aspecto importante apontado por ele foi o trabalho ininterrupto dos policiais civis e militares, dos bombeiros, dos agentes e de todos os demais profissionais que diariamente fazem parte das equipes de combate à criminalidade.

Os chefes militares também informaram redução no total de crimes envolvendo caixas eletrônicos em Uberlândia, sendo que também no acumulado até 30 de novembro de 2013 e de 2014 a diminuição foi de 40%. Quanto às ocorrências de tráfico de drogas na cidade, no mesmo período houve um aumento de 20,41% no total de apreensões de drogas, o que demonstra um trabalho mais eficaz no combate.

As parcerias firmadas entre as instituições de segurança com o poder público municipal também foram consideradas primordiais para a redução da criminalidade. Uma delas são as novas câmeras de videomonitoramento que já estão sendo instaladas e reforçarão a segurança a partir de 2015 em bairros como Luizote de Freitas, Santa Mônica e Presidente Roosevelt. O combate ao uso de drogas recebeu atenção especial e se estendeu a projetos municipais que atenderam mais de 160 mil pessoas entre janeiro e outubro deste ano. Soma-se ainda alugueis e cessão de espaços, revitalização de postos de policiamento comunitário e parcerias nas instalações de bases comunitárias de segurança pública tanto nos bairros, quanto nos distritos.

“Os resultados apresentados demonstram a importância das parcerias firmadas. É um trabalho integrado entre policiais, bombeiros, pessoal do Exército e que conta com a participação da Prefeitura em convênios que garantem mais tranquilidade para a população”, disse o prefeito Gilmar Machado.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia

http://youtu.be/hqtATG9q9gg

5 respostas a Uberlândia tem queda nos índices de criminalidade

  1. br disse:

    Até parece que isso é verdade.

  2. Christian disse:

    Boa tarde! acredito que deve ter sim o “combate ao uso de drogas”,porem, se tivessemos um combate mais efetivo no trafico, consequentemente o consumo ou o “uso de drogas” seria automaticamente combatido.

    Um feliz Natal a todos!!!!

  3. leticia disse:

    Gostaria de saber aonde isso??????????

  4. douglas disse:

    EU ACREDITO SIM, OUTRO DIA EU ESTAVA CONVERSANDO COM O PAPAI NOEL E O COELHINHO DA PASCOA E ELES ME FALARAM QUE QUANDO PASSARAM POR UBERLANDIA PERCEBERAM ISTO TAMBEM.
    FICO FELIZ PELA NOTICIA

  5. Inseguro disse:

    Engraçado, após vinte anos no mercado este ano fechei o negócio da família por não suportar os assaltos e a insegurança, saudades de quando podíamos ficar conversando na porta de casa, de não ser refém do medo…

Deixe uma resposta para Inseguro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *