Escola Móvel Sesi/Senai forma a primeira turma de Uberlândia

Durante o período em que esteve em Uberlândia, no mês de outubro, a Escola Móvel Sesi/Senai capacitou 383 novos profissionais para o mercado de trabalho, contemplando oito cursos e quatro oficinas em diversas áreas, com aulas gratuitas. Montada numa área no bairro Morumbi, a escola veio a Uberlândia pela primeira vez a partir de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, o Serviço Social da Indústria (Sesi), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a ONG Ação Moradia.

Ao falar do projeto da Escola Móvel, o presidente da Fiemg Regional Vale do Paranaíba, Pedro Lacerda, lembrou aos alunos que os cursos ministrados em Uberlândia devem ser considerados como o início de várias atividades profissionalizantes que eles teriam a chance de participar durante a vida. “Não fiquem só nesse curso, corram atrás porque atrás vem gente! Não parem de investir em vocês mesmos”, disse Lacerda, informando que a Fiemg irá intermediar encaminhamentos para empresas.

Para Alex Honório Rodrigues Serafim, formando do curso de pedreiro, o momento é de motivação. “Fiz o curso para me qualificar. Ainda não comecei a prática da nova profissão, mas estou pronto para o mercado”, diz. Sandra Rosária de Fátima, atendente, conta que ficou entusiasmada com a experiência. “Fiz o curso de atendimento ao cliente e administração. O curso me surpreendeu, foi melhor que eu imaginava”, comenta Sandra. Para Isabel Maria de Jesus, lojista autônoma e colega de Sandra, o curso veio para somar conhecimento. “Fiz o curso de atendente ao cliente e administração de empresas e agregou e muito em meu conhecimento”.

O instrutor do curso de Assistente de Mecânico de Moto, Isaac Miranda Oliveira, disse estar tranqüilo com o ingresso de seus alunos no mercado de trabalho “”O curso teve carga horária de 80 horas e os 28 alunos que estão se formando aprenderam sobre suspensão, freio, motor, eletricidade, que são componentes fundamentais para saberem no dia a dia de uma oficina. Eles saem capacitados para serem assistentes de mecânico, e com o diferencial de receberem um certificado de nossa instituição”, frisa o instrutor.

Joana Darc Oliveira Furtado, gerente interina da Escola Móvel Sesi/Senai conta que o projeto foi criado com intuito contribuir para a geração de renda, formação de mão de obra para a indústria e o crescimento do cidadão como um todo. “Nos três anos de existência da escola, percorremos mais de 160 mil quilômetros, mais de 170 cidades, e já formamos mais de 20 mil alunos”, disse  a gerente, frisando a emoção de formar mais uma turma. “A gente vê que os alunos entraram com uma ideia e saíram com outro olhar. É um novo olhar em relação a vida, as oportunidades para valorizarem a si mesmos. A sensação é de missão cumprida e a satisfação de saber que a gente trabalha transformando vidas”.

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *