Ministro dos Transportes entrega duplicação de trecho da BR-050 em Araguari

A entrega das obras no trecho da BR-050 entre Araguari e a divisa de Minas Gerais com Goiás, nesta sexta-feira (26) pelo ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos, conclui a etapa de duplicação de toda a extensão da rodovia no território mineiro. O trecho também está dentro da área de cobertura da empresa MGO, vencedora da concessão dos 436,6 km entre Delta (MG) e Cristalina (GO).

As obras de duplicação foram de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Na restauração, foram realizados, além da recuperação do pavimento da pista atual, os dispositivos de drenagem, o passivo ambiental existente, sinalização horizontal e vertical. E na duplicação, pontes e viadutos, passagens inferiores, retornos operacionais e todos os equipamentos necessários à segurança operacional da rodovia duplicada.

Segundo o superintendente do Dnit, José Maria da Cunha, a conclusão das obras de duplicação traz diversos benefícios à região. “Além da importância de Uberlândia como um centro de negócios e comércio, a duplicação traz conforto e segurança aos usuários, tanto de automóvel como o transporte de cargas”, disse.

O trecho entregue nesta sexta compreende o lote 1, que tem 37 km de extensão e completa os 69 km desde a divisa MG/GO até o perímetro urbano de Uberlândia, totalizando um investimento de R$ 456 milhões e a geração de dois mil empregos diretos durante as obras.

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, lembrou que a duplicação deste trecho da rodovia era uma solicitação antiga dos motoristas. “Havíamos feito o trecho Uberaba/Uberlândia e havia uma reivindicação muito justa e muito procedente [em relação ao novo trecho]. Agora, temos uma rodovia moderna e segura, uma rodovia que contribuirá para apagar uma história de acidentes”, declarou.

Eixo do desenvolvimento

A BR-050 é uma rodovia radial que se constitui em importante eixo viário do País, de interligação de Brasília com o Triângulo Mineiro onde serve diretamente suas principais cidades (Araguari, Uberlândia e Uberaba) e São Paulo, através da SP-330 – Anhanguera (Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo) e toda a rede rodoviária do Estado.

Em Uberlândia, a BR-050 faz entroncamento com outras importantes rodovias federais, como as BR-365, BR-497 e BR-452, que oferecem a cidade condições para sediar grandes estabelecimentos atacadistas e distribuidores da produção agrícola e industrial da região.

A base econômica regional e sua localização entre três polos nacionais – Brasília/Belo Horizonte/São Paulo, e a infraestrutura rodo-ferroviária disponível foram básicos para o grande desenvolvimento da cidade, hoje já caracterizada também como polo urbano-industrial e de serviços, que se reflete sobre o Triângulo Mineiro e outras regiões de Minas.

Implantada com a construção de Brasília e como parte da infraestrutura de Integração Nacional, período de grande crescimento do País, a BR-050 cumpriu papel fundamental nesse processo, seja na região do Triângulo Mineiro quanto nas demais microrregiões e municípios goianos servidos.

Essa importância econômica e o crescimento do volume de tráfego (média de 11.000 veículos/dia) colocaram o segmento da BR-050 na necessidade de duplicação e restauração da rodovia existente como evidência ostensiva.

A BR-050 desde Brasília até a divisa MG/SP ainda integra projetos com objetivos econômicos mais amplos, como o Corredor Rodoviário Centro–Oeste–Santos (Brasília/Goiânia/Triângulo Mineiro/Santos), de infraestrutura para exportação de produtos agrícolas e industriais. Com 1.100 km de extensão, o corredor será viabilizado com a duplicação de alguns segmentos do trajeto, ainda com pista única no território goiano. Aliás, dois trechos em Goiás, totalizando 28,6 km abrangendo os municípios de Cristalina e Ipameri, já tiveram as obras de duplicação iniciadas sob a responsabilidade da MGO, com previsão de conclusão no primeiro semestre de 2015.

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *