Prefeitura e Sebrae promove capacitação de feirantes

(Araípedez Luz P10/SECOM/PMU)

(Araípedez Luz P10/SECOM/PMU)

Com o objetivo de planejar, traçar metas e melhorar a qualidade dos serviços e produtos que são ofertados pelos feirantes da cidade, a Prefeitura de Uberlândia, através das secretarias de Agropecuária e Abastecimento e Desenvolvimento Econômico e Turismo, em parceria com o Sebrae, promoveu nesta segunda-feira (19), no Auditório do Centro Administrativo, palestras direcionas aos feirantes para apresentação do Programa Feirante Amigo, que visa capacitar e fomentar o empreendedorismo dos trabalhadores do setor.

A proposta do programa é prestar consultoria sobre boas práticas de manipulação de alimentos bem como cuidados com a higiene, vestimentas adequadas e manejo das mercadorias. A capacitação é destinada a 130 feirantes que estejam regularizados juntamente ao Município. Dentro deste contexto, o Sebrae vai realizar também um diagnóstico da realidade que é vivenciada pelo feirante. A partir do resultado encontrado os comerciantes serão direcionados para outras capacitações como, por exemplo, melhoria no atendimento ao cliente, mecanismo para alavancar vendas, entre outros.

Durante o encontro, os feirantes puderam apontar as principais mudanças que buscam para ampliar os negócios e fortalecer o setor. Os representantes do Sebrae também falaram sobre o acesso às linhas especiais de financiamento através da formalização, com a inscrição dos feirantes como pessoa jurídica no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

O analista de negócios do Sebrae, Alexandre Tronconi apresentou para a categoria as vantagens do programa Empreendedor Individual, que garante benefícios da previdência, como direito à aposentadoria, auxílio-doença e muitas oportunidades para os trabalhadores informais e que nunca tiveram auxílio, proteção ou vantagens. Aderindo ao programa o trabalhador pode ter acesso ao CNPJ, emitir nota fiscal e ter acesso facilitado ao crédito.

A secretária de Agropecuária e Abastecimento, Vanessa Petrelli, ressaltou a importância desta capacitação para o feirante se adequar de acordo com o crescimento da cidade, utilizando novas formas de atender clientes cada vez mais exigentes e priorizando a excelência no que é vendido nas feiras livres. “O feirante é um agente de negócio e é de extrema importância que ele se adapte às novas formas de negócios e modernizações para seguir o mesmo caminho. É preciso utilizar novas formas de trabalhar com os alimentos, a feira tem que ser cada vez mais atrativa para continuar forte e sendo um espaço importante dentro da cidade”, disse.

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *