Convênio entre Prefeitura e Banco do Brasil beneficia pessoas com deficiência

Em respeito à pluralidade da sociedade e conscientes da importância em oferecer às pessoas melhores condições de vida, representantes da Prefeitura de Uberlândia e do Banco do Brasil assinaram um protocolo de intenções para o programa BB Crédito Acessibilidade em Uberlândia.

O documento foi celebrado nesta terça-feira (13), no Centro Administrativo Municipal, e visa proporcionar mais informações sobre linhas de crédito do banco destinadas à compra de produtos que facilitem o dia a dia das pessoas com deficiência. O BB Crédito Acessibilidade faz parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite, lançado em 2011 pelo Governo Federal.

Segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, atualmente mais de 45 milhões de pessoas declaram possuir algum tipo de deficiência. Para elas, as linhas de crédito são uma ferramenta importante para auxiliar na promoção da cidadania e no fortalecimento de suas participações na sociedade.

“O serviço já existe, porém não estávamos conseguindo informar precisamente os principais consumidores. Através da Prefeitura, conseguiremos levar mais informações para mais pessoas”, disse o superintendente do Banco do Brasil, Júlio César Rodrigues da Silva. As informações serão repassadas principalmente pela Superintendência da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Urbana, ligada à Secretaria Municipal de Governo.

O público alvo do benefício são os clientes que desejam adquirir produtos para minimizar transtornos causados por deficiências físicas para si mesmo ou para outras pessoas. O crédito é liberado para correntistas do Banco do Brasil com renda mensal bruta de até 10 salários mínimos. Quem não é correntista e se enquadra nos requisitos, pode abrir uma conta no banco e utilizar o serviço.

Com o BB Crédito Acessibilidade pode-se financiar produtos como cadeiras de rodas, adaptação de veículos, órteses, próteses, itens de adequação postural, andadores, produtos para ampliação da habilidade auditiva e visual, artigos para esporte e lazer, recursos para o computador, adaptação de imóvel residencial, entre outros. As taxas ficam, normalmente, abaixo de 0,5% ao mês, sendo que o valor total pode ser pago entre 4 e 60 meses.

“Temos que trabalhar sempre para oferecer condições de vida para que as pessoas com deficiências não fiquem limitadas e vivam realmente sem limites”, afirmou a secretária municipal de Governo, Rosângela Paniago.

A importância da parceria entre a Prefeitura e o Banco do Brasil foi destacada pelo prefeito Gilmar Machado. “Acreditamos no projeto Viver sem Limite e juntos com o Banco do Brasil vamos nos empenhar para oferecer seus benefícios para muitas pessoas”, garantiu.

Mais informações sobre o BB Crédito Acessibilidade:

– Superintendência da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Urbana – Rua Miguel Rocha dos Santos, 467, bairro Santa Mônica, (34) 3210-8008

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *