Professora da UFU ganha prêmio da Fundação Carlos Chagas

A professora da Universidade Federal de Uberlândia (UFU),  Raquel Mello Salimeno, ganhou a 3ª edição do Prêmio Professor Rubens Murillo Marques da Fundação Carlos Chagas (FCC) que tem por objetivo valorizar e divulgar experiências educativas inovadoras, propostas e realizadas por docentes de Licenciatura, formadores de professores para o Ensino Básico. Raquel apresentou o trabalho “Visualidades Étnicas: as culturas indígenas na sala de aula”.

Funcionária efetiva da UFU há 5 anos, Salimeno é docente do Instituto de Artes no curso de Licenciatura em Artes Visuais. Ministra as matérias de Metodologia do Ensino de Arte e Estágios Supervisionados focados principalmente na interculturalidade.

A vencedora participou pela primeira vez do concurso. O trabalho vencedor está inserido no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) que UFU participa, e se desenvolve na Escola Estadual Bueno Brandão e na Escola Municipal Professor Oswaldo Vieira Gonçalves. Já participaram do projeto cerca de 22 alunos bolsistas do curso de artes visuais.

Segundo a professora, o objetivo do trabalho é favorecer o exercício do olhar dos licenciandos, incentivando o reconhecimento da cultura, de modo geral, e posteriormente da cultura indígena. O trabalho propõe, também,  transformar o Laboratório da Licenciatura em Artes Visuais (Llav) em um espaço efetivo de reflexão, valorização e respeito às diferenças e de criação de metodologias educativas plurais e novas técnicas artísticas, estimulando os professores das escolas parceiras na criação de materiais didáticos a partir das suas pesquisas e das suas poéticas.

A entrega do Prêmio será realizada no dia 25 de novembro, no auditório da Fundação Carlos Chagas.

UFU Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *