Micro e pequenas empresas mineiras planejam ampliar contratações

Elas respondem por 56% dos empregos com carteira assinada em Minas Gerais – média superior à brasileira, que é de 51%. Longe dos abalos sofridos pelas grandes corporações devido à crise econômica que paira sobre a Europa e os Estados Unidos, as micro e pequenas empresas (MPEs) mineiras vivem um momento de otimismo. A hora é de expandir os negócios e aumentar o quadro de funcionários. Segundo pesquisa realizada pelo Sebrae Minas, 60% das MPEs mineiras pretendem ampliar as contratações até o fim deste ano.

De acordo com a analista da Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas, Carolina Xavier, responsável pela pesquisa “Expectativa das MPEs Mineiras”, a expectativa dos empresários é um indicador do resultado futuro dos negócios. Espera-se que quanto maior o otimismo, maior seja o ritmo de atividade do setor.

O estudo do Sebrae indica que mais da metade das micro e pequenas empresas mineiras (58%) criou pelo menos uma vaga de trabalho nos últimos 12 meses. A função administrativa foi a que mais contratou, sendo responsável por preencher 68% das vagas. Ainda conforme a pesquisa, juntamente com Triângulo e Norte, as regiões dos vales do Jequitinhonha e Mucuri foram as que apresentaram maior índice de otimismo entre os micro e pequenos empresários. Segundo o Sebrae, o investimento em máquinas e equipamentos – reflexo da melhoria da economia local com a chegadas de grandes empreendimentos nessas áreas – e o crescimento do ramo de atividade justificam o resultado.

Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *