Cobradores e motoristas recebem orientações dos fiscais da Settran

Cobradores e motoristas recebem orientações dos fiscais da SettranPela primeira vez, cobradores e motoristas do Sistema Integrado de Transporte (SIT) de Uberlândia têm um contato direto com os fiscais e encarregados da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran). A cada mês, haverá uma palestra com parte dos 3.500 homens e mulheres que trabalham nas três concessionárias do transporte urbano em Uberlândia. O primeiro encontro aconteceu hoje, na empresa Sorriso de Minas. A intenção é trocar experiências, dar orientações e conhecer o dia a dia no transporte.

A iniciativa partiu da necessidade de melhorar o relacionamento entre usuários e funcionários. De acordo com pesquisas feitas pela secretaria, existe um índice considerável de reclamações e demandas nesse sentido. Além disso, a medida também visa o cumprimento da lei 9.279/2006, que trata da reciclagem e qualificação da mão de obra do setor.

As palestras serão ministradas pelos encarregados da Settran que diariamente convivem com todo tipo de dificuldade no transporte público do município. O diretor de fiscalização de transportes, Daniel Alves, explicou que os temas abordados variam com a necessidade e a demanda, mas tudo gira em torno de gentileza, respeito, bom senso, segurança e relacionamento. “A utilização do elevador tem dado problema. Ele é destinado aos cadeirantes, mas, às vezes, o usuário quer subir com carrinho de bebê. Aí compete ao cobrador a tarefa de não permitir o acesso, mas para isso é preciso o bom senso. Não é discutir com o usuário e nem ele desacatar o trabalhador. A lei é clara e até mesmo por questão de segurança, o cobrador pode orientar e auxiliar o usuário a não usar o elevador”, exemplificou Daniel. Segundo ele, vários outros fatores necessitam de adaptação, disposição e diálogo para que todos alcancem os objetivos propostos.

Os assuntos são polêmicos e a participação dos cobradores e motoristas foi bem intensa. Discutir e buscar soluções para problemas corriqueiros que podem e devem ser resolvidos de forma amigável e acima de tudo com respeito mútuo. Durante a palestra foi repassado aos profissionais qual é o papel do fiscal de transportes. Controlar horários de chegada e saída dos veículos, vistoriar os carros, fiscalização itinerante, termos de reclamações, entre outros, são as atribuições, mas eles também agem como intermediadores entre funcionários e usuários/empresas. O trabalho vai das 6h à meia-noite nos terminais e com um ponto de apoio no quiosque do Terminal Central para atender inclusive a comunidade.

A palestra de hoje foi aberta pelo secretário Alexandre Andrade, que destacou a importância do serviço de cada profissional, o engajamento de todo o processo do SIT, inclusive ressaltando as dificuldades detectadas em diversos pontos de parada do transporte, como a estrutura precária nos terminais para os trabalhadores no momento do descanso, a dificuldade com o trânsito na cidade, principalmente no Centro. O secretário também recebeu dos funcionários algumas sugestões, entre elas, a melhoria na parada da praça Tubal Villela. Os diretores da Sorriso de Minas acompanharam parte dos trabalhos e destacaram a abertura da Administração Municipal para o diálogo e a busca de alternativas reais para a melhoria do conjunto chamado transporte público (usuários, empresas e trabalhadores). A empresa, que tem experiência de mais de 50 anos no setor, ainda ressaltou a ação como inovadora.

Daniel Alves disse que já está sendo elaborado um organograma com datas e horários para as próximas palestras nas outras empresas. “A nossa intenção é falar e ouvir os 3.500 motoristas e cobradores do SIT. Depois, faremos o mesmo com o pessoal que atua no transporte escolar. Tenho certeza que depois de mantermos esses contatos muita coisa vai melhorar para todo mundo, inclusive mantendo a constância nessas reuniões”, disse.

Secom PMU

2 respostas a Cobradores e motoristas recebem orientações dos fiscais da Settran

  1. roberto disse:

    Parabens pela iniciativa,motoristase cobradores sao seres humanos que passam estresse diariamente e o usuario também,CORTESIA E RESPEITO DE AMBAS AS PARTES;educaçao,e tratamento de gentileza faz um transporte de pessoas mais humano.PARABENS DANIEL e os profissionais pela brilhante iniciativa.

  2. ju disse:

    so um seguinte nao sao todos cobradores quanto tem um cadeirante para eles entras eles reclamam e falam assim nossa agora mais uns minutinho para chegarmos atrasados . nos passageiros reclamamos do motoristas muista das vezes a culpa nao e dele e sim do cobrador tem uma linha que a cobradora da sorriso ela a (baianinha ) chega no terminal ja xingando e reclamando com isso por causa da troca pois oo outro ou (a) nao havia chegado e o motorista fica quase 5a a7minutos esperando para o cobrador chegar. els tb deveriam respeitar os assentos reservados se direcionam a pessoas especiais e idosoe gestante e nao para funcionaris cobrador motorista e ate mesmo fiscal do setran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *