Fundasus assumirá administração de seis UAIs a partir de julho

A partir de 1º de julho deste ano, a Fundação Saúde de Uberlândia (Fundasus) assume a gestão das seis Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) e das 27 Unidades de Atenção do Programa Saúde da Família (UAPSFs) das respectivas regiões que estão sob a administração da Fundação Maçônica Manoel dos Santos.

A medida está em conformidade com a orientação do Ministério Público e de decisão de primeira instância da Justiça Federal que impede um novo aditamento ao contrato com a Fundação Maçônica.

O contrato original para administrar as UAIs Tibery, Morumbi, Luizote de Freitas, Planalto, Martins e Roosevelt foi assinado em 2010 e tinha prazo de encerramento em 31 de dezembro de 2012. Na época, a Fundação Maçônica Manoel dos Santos impetrou com mandado de segurança na Justiça Federal e conseguiu suspender, mediante liminar, a realização de processo licitatório para definir a nova administração das unidades. Para evitar a descontinuidade no atendimento, o contrato entre a Fundação e a Prefeitura foi prorrogado até 30 de junho deste ano.

Com a Justiça Federal tendo considerado improcedente o mandado de segurança e diante da impossibilidade de se prorrogar novamente o contrato com a Fundação Maçônica, a Prefeitura de Uberlândia antecipa o processo de transição das unidades de saúde para a Fundasus. Portanto, a partir de julho, a Fundasus passa a assumir integralmente a gestão das seis UAIs e UAPSFs que estavam sob a responsabilidade da Fundação Maçônica.

Hoje (27), em reunião com a direção da Fundação Maçônica, ao notificar sobre o encerramento do contrato do Termo de Parceria com a instituição para a administração das unidades de saúde, o prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado, solicitou que, a partir de 1º de junho, sejam dados os avisos prévios aos funcionários das unidades, que estão sob a responsabilidade da Fundação Maçônica. A partir da mesma data, a Fundasus também dá início ao processo seletivo simplificado para contratação dos funcionários da área operacional. A medida garante a continuidade da prestação de serviços à comunidade na área da saúde pública. Os funcionários também não serão prejudicados, ao contrário, a partir do processo de contratação simplificado, terão a oportunidade de permanecerem atuando nas mesmas áreas. Aliás, no fim de junho, os funcionários das UAIs irão receber os salários normalmente pela Fundação Maçônica e, a partir de julho, os contratados aprovados no processo já receberão pela Fundasus.

O encerramento do contrato se estende a demais equipamentos onde há contratos com a Fundação Maçônica Manoel dos Santos para atendimento à saúde. A parceira entre a Prefeitura de Uberlândia e a Fundação Maçônica, no entanto, continuará em setores como a Educação e outras áreas onde há projetos e ações afins.

Fundação Pública

A Fundasus é uma fundação pública de saúde com regime jurídico privado, que permite maior agilidade nos processos administrativos e contratuais das unidades de saúde. A nova instituição passa a administrar e gerenciar a prestação de serviços públicos de saúde em Uberlândia.

A concepção da fundação teve como base a experiência bem sucedida de outros municípios brasileiros. Sua criação foi aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde e pela Câmara Municipal de Uberlândia.

A instituição de uma fundação não prejudica a qualidade do atendimento, permanecendo os mesmos princípios geridos pelo Sistema Único de Saúde – SUS. Inicialmente, a fundação administrará as seis UAIs que estavam sob a responsabilidade da Fundação Maçônica e demais UAPSFs das respectivas regiões. A Fundasus também será responsável pela gestão das três novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 21 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que serão construídas a partir deste ano, bem como novos equipamentos de atenção à saúde a serem construídos.

Mudando para melhorar

Com a Fundasus, a Prefeitura de Uberlândia passa a ter o controle efetivo das ações e decisões na saúde pública municipal. Isso significa ter o acompanhamento mais próximo e o alinhamento entre as metas da Administração e as prioridades da população de Uberlândia. Esse novo processo de gestão reforça ainda as parcerias que o Município tem mantido e ampliado com os governos Estadual e Federal visando dar mais agilidade e qualidade na prestação dos serviços e na implementação de novos equipamentos de saúde.

Secom

5 respostas a Fundasus assumirá administração de seis UAIs a partir de julho

  1. Igor disse:

    Quando ocorrerá este processo e será ainda este ano? Quais os cargos disponíveis, salários, planos de carreira e benefócios? A fundação maçônica manoel dos santos, é quem vai fazer os pagamentos ou esta fundasus?

  2. johnnys santana disse:

    Quando sera railzado este prosseso seletivo,vez que não foi divulgado data e oade realizar tal inscrição.
    att. johnnys.

  3. eliana correa de oliveira gil disse:

    a seleção deverá ser imediata, pois os funcionários estão todos em aviso prévio…será mesmo??????????????? não será cabide de emprego?????????????? gostaria de ser conhecida de algum diretor da Fundasus…:)vai rolar emprego gente…

  4. oi disse:

    Estava tudo caminhando para ”maracutaia” no inicio o edital abriria na sexta a noite e encerrava no domingo (só pro povo não tomar conhecimento), o ministério publico mandou ampliar a data, sabendo disso a FUNDASUS mudou edital colocando vantagem para quem ja estala la, incluiu um valor maior do que a propria nota do concurso pra quem tem experiência la, ou seja, estão todos de ”aviso previo” até na hora que fosse ”aprovados” no concurso, o MP sabendo mandou novamente corrigir, agora foi justo ter vantagem quem tem mestrado, doutorado etc, pontos se somam com titulos dessa natureza e não tempo de trabalho, parabéns ao Ministério Público. Primeiro tenta enganar o povo com inscrições no final de semana e em apenas 3 dias, depois tenta enganar colocando pontuação extra pra quem tem experiência, estava na cara que era um edital pra favorecer quem estava la, fizeram acordo com os ”maçonicos”, parabéns ao Ministério Público de uberlandia, eu nunca mais faço concurso municipal pois é perder tempo pois ja tem seus ”APROVADOS”

  5. Patricia .da silva rodrigues disse:

    Não acho que alguém possa sair previlegiado sobre outro,devido ao fato de que se vc acertou as questões,obrigatoriamente vc passou no concurso pô!! E aí,quem é que vai tirar você ?? É só uma questão de raciocínio….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *