Coréia do Sul é destaque no Cineclube Cultura

Mostra acontece a partir deste fim de semana, com entrada gratuita

Desde os anos de 1990 o circuito de cinema em nível mundial se desloca da produção hollywoodiana destacando produções singulares realizadas fora do eixo  Estados Unidos-Europa. É o caso da Coréia do Sul,  Índia e China, onde, ao contrário da maioria dos países do mundo, os filmes nacionais são mais prestigiados do que seus congêneres americanos.  O primeiro é tema da mostra que abre a programação 2013 do Cineclube Cultura, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, todos os finais de semana deste mês, aos sábados e domingos, sempre às 20 horas, com entrada gratuita.

O cineclube cultura existe desde 1985. Inicialmente, acontecia na Casa da Cultura, transferindo-se depois para a Oficina Cultural, desde a sua inauguração, em 1996. Ali, na sala Roberto Rezende, onde continua sediado, apenas na década de 2000, foram exibidos mais de 500 filmes, atingindo um público aproximado de 50 mil pessoas.

A cinematografia sul-coreana conquista cada vez mais espaço em todo o planeta, seja pela crítica especializada, pelo prestígio do público ou por premiações recebidas em festivais importantes como os de Cannes e Veneza. Confira abaixo a programação da mostra.

Programação

Dia 16 – sábado

Poesia (Shi, Coréia do Sul, 2010)

Direção de Lee Chang-dong

Com Hira Kim, Jeong-hie Yun, Da-wit Lee

Mija vive com seu neto nas encostas do rio Han. É uma senhora excêntrica com uma mente inquieta e questionadora. Um dia, ela entra por acaso em uma aula de poesia em um centro cultural na vizinhança e é desafiada pela primeira vez a escrever um poema. Sua busca pela inspiração começa ao observar a beleza do cotidiano, as coisas ao seu redor que ela nunca havia reparado. Mas quando a realidade se torna cruel, ela é obrigada a ver que o mundo não é tão bonito quanto ela imaginava. Cor, 139 min. Prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes 2010.

Dia 17 – domingo

O dia em que ele chegar (Book chon Bang Hyang, Coreia do Sul, 2011)

Direção de Hong Sangsoo

Com Sang Jung Kim, Jun-Sang Yu

O ex-diretor de cinema Sungjoon vai a Seul e tenta em vão encontrar seu amigo que mora no bairro de Bukchon. Andando pela redondeza, ele encontra por acaso uma atriz que ele conhecia. Os dois conversam por um tempo e logo vão embora. Num bar de Insadong, Seongjun bebe makgeolli (vinho de arroz) e alguns estudantes de cinema o chamam para sua mesa. Bêbado, ele se dirige ao apartamento da antiga namorada. No dia seguinte ou em qualquer outro dia, Sungjoon ainda está perambulando por Bukchon. P/b, 79 min.

Dia 23 – sábado

Pieta (Pieta, Coreia do Sul, 2012)

Direção de Kim Ki-Duk

Com Min-soo Jo, Eunjin Kang, Jae-rok Kim

Kang-do trabalha cobrando empréstimos devidos a agiotas. Sem família, ele vive um cotidiano brutal e solitário, empregando métodos violentos para extorquir suas vítimas. Tudo muda quando ele é abordado por uma mulher que afirma ser sua mãe.

Cor, 102 min. Leão de Ouro no Festival de Veneza/2012.

Dia 24 – domingo

O caçador (Chugyeogja, Coréia do Sul, 2008)

Direção de Na Hong-Jin

Com Jung-woo Há, Yeong-hie Seo , Yun-seok Kim

O caçador conta a história de um policial que virou cafetão. Suas meninas começam a desaparecer misteriosamente e ele percebe que a garota que enviou para atender a um cliente será a próxima vítima. Numa corrida contra o tempo, ele consegue chegar ao criminoso, mas não encontra a mulher e agora tem apenas 12 horas – o período em que ele poderá ficar preso sem mandado – para obter informações sobre a prostituta (e tentar salvá-la). Cor, 125 min.

 SERVIÇO:

CINECLUBE CULTURA

Cinema coreano

Horário: 20 horas

Local: Oficina Cultural de Uberlândia – Sala Roberto Rezende

Pça. Clarimundo Carneiro, 204 – Bairro Fundinho

Entrada Franca

Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *