PM afirma: mobilização de deficiente mental na rua foi ação legítima

Vídeo mostra policial militar mobilizando deficiente mental no centro de Uberlândia

A TV Vitoriosa recebeu na tarde de terça-feira (9) um vídeo gravado por um comerciante da avenida Afonso Pena, na área central de Uberlândia, em que um policial militar mobilizou um deficiente mental.

O tenente Pavão, da 91ª Cia de Polícia Militar informou que os próprios comerciantes da área acionaram o policial, que estava nas proximidades, alegando que o homem estava importunando clientes. “O PM aproximou-se do rapaz no intuito de questionar qual o motivo da importunação. Mas foi recebido de forma ríspida por ele e com tentativa de agressão, por isso houve a necessidade de colocá-lo no chão e mobilizá-lo.”

Ainda segundo o tenente Pavão, não houve nenhum excesso do policial. Foi uma ação totalmente legítima. Talvez as pessoas fiquem chocadas por se tratar de um deficiente mental. “Houve a imensa necessidade dessa mobilização porque ele estava com perigo de agredir o policial militar, que estava sozinho. Então ele pediu apoio e só então o homem foi levado para o Terminal Central, onde a mãe dele foi acionada. O homem foi encaminhado ao PS-UFU.”

3 respostas a PM afirma: mobilização de deficiente mental na rua foi ação legítima

  1. césar disse:

    atuação perfeita perante as imagens….

  2. anonimo disse:

    isso é covardia,podia ser com qualquer um…pq nao vai prender ladrão e traficante ao inves de importunar quem não deve…

  3. engraçado na imagem nao mostra nenhum tipi de agressão por parte da vitima abordada pelko policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *