Deficiente física alega ter sido ameaçada por ex-marido em Uberlândia

(Imagem: Bruno Rocha / TV Vitoriosa)

(Imagem: Bruno Rocha / TV Vitoriosa)

A Polícia Militar (PM) foi acionada durante a madrugada desta quinta-feira, 10, no Bairro Joana Darc, zona leste de Uberlândia. Uma mulher alegou que o ex-marido quebrou objetos da residência e os jogou nela e nas filhas.

O crime aconteceu na Rua da Harmonia. Ao chegar no local, os militares constataram que Robson Nascimento Lúcio, de 45 anos, quebrou a mesa de mármore e outros objetos do imóvel da residência. Ele também teria ameaçado a ex-esposa na frente de duas crianças.

A vítima, que é deficiente física, relatou que não conseguiu correr e o suspeito aproveitou da circuntância para agredi-la e ameaçar com palavras de baixo calão para as crianças, de 3 e 10 anos, que estavam com ela.

“Hoje ele surtou, entrou dentro da minha casa bêbado, começou a quebrar minha casa inteira, lançou uma cadeira para o meu lado e da minha menina (…) disse que ia me matar (…) minha menina de três anos teve que sair correndo e gritando pra rua”, relatou a vítima.

Vizinhos teriam ouvido a mulher gritar por socorro e por isso conseguiram evitar que algo pior acontecesse.

O delegado que atendeu o caso, fez uma liminar pedindo uma medida protetiva para a vítima.

Robson foi preso e entregue na delegacia de plantão. Ele responderá pelo crime de Maria da Penha.

Informações por Bruno Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *