Tamanduá-bandeira é encontrado dormindo próximo ao muro do aeroporto de Uberlândia

Tamanduá-bandeira

Tamanduá-bandeira

Um tamanduá-bandeira adulto foi encontrado dormindo na manhã desta terça-feira, 25, encostado no muro do aeroporto de Uberlândia, no Bairro Ipanema. A Polícia Ambiental e o Corpo de Bombeiros estiveram no local para resgatar o animal silvestre.

De acordo com a Polícia Ambiental  tudo indica que ele saiu durante a noite para se alimentar e, como seu habitat está cada vez menor, em razão da expansão urbana e das fronteiras agrícolas, o animal migra para centros urbanos para localizar água, comida e procurar abrigo.

Ele estava dormindo no muro do aeroporto

Ele estava dormindo junto ao muro do aeroporto

Vale ressaltar que o tamanduá-bandeira é um dos símbolos do cerrado e está ameaçado de extinção. O animal silvestre em regra não ataca, mas se sentir acuado pode atacar para se defender, daí a importância de acionar os órgãos competentes para fazer a correta contenção e captura, garantindo assim a integridade física do animal e das pessoas.

Cabe ainda dizer que a partir do momento que a Polícia Ambiental é acionada tem um série de procedimentos a serem realizados para minimizar ao máximo os danos à integridade física do animal que possam advir da captura. Por isso é importante aguardar a chegada dos militares e não mexer ou provocar o animal, que por instinto, pode se tornar perigoso.

O tamanduá-bandeira foi resgatado e devolvido ao seu habitat natural.

Com informações da Polícia Ambiental

Uma resposta a Tamanduá-bandeira é encontrado dormindo próximo ao muro do aeroporto de Uberlândia

  1. Francisco disse:

    Fico indignado e ao mesmo tempo feliz, um animal tão belo, ameaçado de extinção pelo aumento da população e consequentemente de áreas devastadas, feliz daquele que não maltrata e devolve com integridade este belo animal a seu habitat natural.

Deixe uma resposta para Francisco Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *