Estudantes da UFU são assaltadas a luz do dia após redução de vigilantes

Sala de aula que estudantes foram assaltados. (Imagem: Carlos Vilela / TV Vitoriosa)

Sala de aula que estudantes foram assaltados. (Imagem: Carlos Vilela / TV Vitoriosa)

Bandidos entraram no Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e assaltaram três mulheres que estavam em sala de aula. Havia uma determinação judicial para militares não fazerem patrulhamento no local.

Após a redução de 104 funcionários da área de segurança do campus, nossa equipe de reportagem foi até a sala de aula do bloco 5S para descobrir o que realmente aconteceu. Em relato de testemunhas, um jovem e um adolescente entraram no local, onde estava havendo aula, e anunciaram o assalto.

Alguns alunos conseguiram fugir, mas três mulheres ficaram na sala de aula e foram rendidas pelos bandidos, que levaram notebooks, celulares e pertences pessoais das vítimas, inclusive um livro do curso de direito.

O diretor de logística da universidade, Wesley Marques, contou que a situação é preocupante e esses tipos de crimes começaram a acontecer com mais frequência após a terceirização da área de segurança dentro do campus.

Simone Silva, que é comerciante no bloco 5S, diz que o desarmamento dos vigilantes da universidade e a diminuição desses trabalhadores a deixaram muito preocupada quanto aos assaltos no local.

O crime aconteceu na tarde de quinta-feira, 13, semanas depois dos militares terem sidos autorizados, por determinação judicial, há fazerem patrulhamento na universidade.

Informações por Batista Pereira

Uma resposta a Estudantes da UFU são assaltadas a luz do dia após redução de vigilantes

  1. Silva disse:

    A vigilância está desarmada, sem colete e sao apenas 4 homens.
    E só para arrematar nenhum vigilante faz ou deixa de fazer algo por vontade própria, vigilantes são subordinados!!!
    Usem a a inteligência galera pelo amor de Deus!
    Você entraria na frente da arma de um bandido sem nenhum colete a prova de balas?
    Faça me o favor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *