Número de veículos furtados e roubados aumenta no último trimestre

(Imagem: Ronivon Santos / TV Vitoriosa)

(Imagem: Ronivon Santos / TV Vitoriosa)

No último trimestre, entre junho e agosto, o número de carros furtados e roubados em Uberlândia aumentou significativamente, segundo informações da Polícia Militar (PM).

Um dos maiores aumentos foi de furtos em agosto. Em 2015 teve apenas 72 e neste ano chegou a 138. A PM atribui esses números principalmente à saída temporária dos presos, audiências de custodia e à reincidência criminal por causa da crise econômica do Brasil.

Número de veículos furtados e roubados aumenta no último trimestre de 2016E em meio a tantos roubos e furtos, o comerciante Erivan Luciano da Silva teve o azar de perder dois carros de uma vez para o crime na cidade. Ele havia mandado os dois carros para o lava-jato, quando o estabelecimento foi assaltado e consequentemente levaram ambos os automóveis.

Militares relataram que os crimes de roubos e furtos de carros são muito específicos e por isso estão fazendo levantamentos para chegar à prisão de quadrilhas e pessoas suspeitas.

Número de veículos furtados e roubados aumenta no último trimestre de 20161De acordo com as estatísticas disponibilizadas pela Polícia Militar (PM), no mês de junho de 2015 houve 35 ocorrências de roubo de carros, enquanto em 2016 o número ultrapassou 70.

Apesar da diferença significativa nos números, policiais esperam fechar o último trimestre do ano de 2016 com queda.

Informações por Carlos Vilela

2 respostas a Número de veículos furtados e roubados aumenta no último trimestre

  1. Revoltado disse:

    1º – As saídas que são permitidas por lei, aumenta sim e muito. Se o meliante foi para dentro do sistema prisional, rezando ou ajudando um necessitado é que não foi, e pela impunidade que nossa legislação concede, eles fazem a festa.
    2º – Infelizmente é o cidadão direito que fica com o prejuízo pagando toda podridão do sistema nada funcional. Agora a PM quer trabalhar para reduzir, sendo que o trabalho deveria em não deixar que as estatísticas fossem favoráveis aos malandros.
    Em 2015 também fui vitima, e nada foi feito. Fico incrédulo quando vejo uma atuação rápida da polícia e outras nem tanto… Tudo gira pelo interesse.
    Deveria sim os polícias se unir para reduzir e não mais deixar a criminalidade aumentar… Recebem muito mal, não tem as mesmas condições de armas que os bandidos, então se não deixarem aumentar, eles verão que aqui não tem espaço pra eles e vão pra outro lugar, é como um câncer tem que eliminar no início para que tudo fique mais fácil e mais barato, depois que se têm outros órgãos infectados, acabou nada se pode fazer.

  2. Patrulheiro da Comunidade disse:

    Autoridades precisam checar os ferros velhos, agora eles compram os famosos carros “gritados”, ou seja, a pessoa dá o “grito” no seguro (alega furto ou roubo) e depois vendem para os donos de ferro velho. Seguradoras que tem interesse, tem dono de ferro velho enriquecendo e construindo mansão assim. Cadê o GAECO e o MP neles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *