R$ 7 mi para Uberlândia: ministro diz que situação do HC-UFU será regularizada

Ministro da educação Mendonça Filho

Ministro da educação Mendonça Filho

O Ministro da Educação Mendonça Filho esteve em Uberlândia nesta terça-feira, 4 de outubro e anunciou a liberação de R$ 10 milhões à Universidade Federal de Uberlândia (UFU) por meio do Ministério da Educação (MEC). O encontro foi no auditório da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), no Bairro Martins.

Parte da verba, R$ 7 milhões, será destinada para o custeio do Hospital de Clínicas da UFU. Os demais R$ 3 milhões serão investidos em obras de infraestrutura e acessibilidade nos campi Pontal em Ituiutaba e Araras em Monte Carmelo, no Alto Paranaíba.

O ministro afirmou que a situação na UFU e em todas as universidades federais do país estão sendo regularizadas e que este recurso de R$ 7 milhões vai de encontro com a demanda do Hospital Universitário para que possa manter o nível de atendimento à população e ao mesmo tempo da formação dos futuros médicos da UFU.

São recursos novos para que o hospital universitário continue mantendo o nível de atendimento para a população e para os formandos de medicina da UFU e para melhorar a infraestrutura. A postura do Ministério da Educação é de fazer com que as instituições federais de ensino vinculadas tenham a sua normalidade de funcionamento assegurada e, ao mesmo tempo, os investimentos programados executados”, afirmou Mendonça.

“Em maio, quando assumimos, existia uma situação caótica, com atraso de serviços terceirizados e acúmulo de dívidas por parte de instituições federais de ensino vinculadas à área da educação. Nós regularizamos totalmente, praticamente para todos os campi de universidades em todo o país, inclusive a federal de Uberlândia.

No que diz respeito ao hospital universitário, Mendonça diz ter trazido um aporte de recursos que vai significar a garantia de que pela primeira vez em muitos anos, o Hospital Universitário vai fechar o exercício cumprindo com todas as suas obrigações até dezembro de 2016.

Protesto de professores

Trabalhadores da educação protestam na UFU

Trabalhadores da educação protestam na UFU

Durante a visita de Mendonça Filho, alguns trabalhadores da educação protestaram por conta do parecer indicando mudanças na grade educacional, propostas pelo governo federal.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *