Servidores da UAI Roosevelt fazem novo protesto por salários em dia

Foto de internauta do Uipi

Foto de internauta do Uipi

Um novo protesto está sendo realizado nesta manhã de terça-feira, 20, na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Roosevelt, na zona norte de Uberlândia, por servidores que reivindicam o pagamento dos salários.

Manifestação UAI Roosevelt 2Os manifestantes dizem estar cansados da sucessão no atraso de pagamentos de salários por parte da administração municipal. E eles já haviam dito ontem, na primeira manifestação, que novos protestos poderiam mesmo acontecer caso não houvesse o pagamento.

A Prefeitura informou por meio da assessoria de comunicação que o cronograma para pagamento dos servidores que atuam nas UAIs, Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) e Programa Saúde da Família (PSFs), deve ser feito até o 15º dia útil do mês.

UAI Morumbi também ficou lotada nesta segunda-feira por conta do atendimento reduzido em 30%

UAI Morumbi também ficou lotada nesta segunda-feira por conta do atendimento reduzido em 30% (Foto: Diego Melquíades/Internauta do Uipi)

Assim como ontem, a UAI opera com 30% dos serviços, que é o mínimo exigido por lei. Além do atraso nos salários, os servidores alegam falta de materiais e insumos para procedimentos básicos.

Sobre os salários atrasados a prefeitura justificou o recesso econômico que o país enfrenta. Já na questão de insumos, a alegação é o aumento na procura por atendimento médico nas unidades.

Avenida Cesário Crosara foi interditada em vários momentos durante o manifesto

Avenida Cesário Crosara foi interditada em vários momentos durante o manifesto

No dia 9 deste mês, o Ministério Público Estadual (MPE) ingressou com uma ação civil pública contra o município de Uberlândia pela sucessão de atrasos no pagamento de mais de 14 mil servidores municipais, de diferentes setores.

Com o atraso de salários os trabalhadores não conseguem pagar as contas em dia e fica difícil até sustentar a casa. se não houver mudanças nas diretrizes dos pagamentos, pode haver greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *