Fórum realiza audiência sobre o caso Deiviane

William Sena. (Imagem: Romens Almeida)

William Sena. (Imagem: Romens Almeida)

Nesta quinta-feira, 4, foi realizado audiência sobre o caso de Deiviane da Silva Melo, que foi morta e carbonizado no início de setembro em Uberlândia.

A audiência de instrução do caso aconteceu no Fórum de Uberlândia e teve a participação de treze testemunhas no total, tanto de defesa, quanto de acusação.

A defesa trabalha com a tese de inocência do acusado, Willian Sena, que era marido da vítima. Segundo o advogado Sérgio Mestrini Júnior, o inquérito do caso deve ser aprofundado, pois o veículo que saiu e entrou no condomínio para realizar o crime não é dele e o tempo que ele gastaria do posto de combustível, onde estava, até a residência é incoerente.

Deiviane e William.

Deiviane e William.

Em relato de Marcelo, irmão da vítima, ele e sua família querem justiça ao caso e acreditam que não há motivos para William ter feito Deiviane sofrer tanto.

Deiviane da Silva Melo, 36 anos, foi encontrada morta e carbonizada no dia sete de setembro de 2015 no Bairro Distrito Industrial. Segundo um membro da família da vítima, William teria reagido friamente à notícia de morte da esposa.

Informações por Léo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *