Moradores do assentamento Glória discutem nova ordem da Justiça Federal

Assentamento Glória,

Assentamento Glória, região sul de Uberlândia.

Nesta quarta-feira, 15, a Pastoral da Terra, juntamente com os moradores do Assentamento Glória fizeram uma assembleia para esclarecer e discutir a nova decisão da Justiça Federal sobre o local.

A nova determinação foi de que o juiz da primeira vara deu um prazo para a Polícia Federal apresentar um programa de ação para reintegração de posse do assentamento.

Os representantes da comissão Pastoral da Terra realizaram a assembleia com o objetivo de acalmar a população.

Segundo o advogado da entidade, se houver a possibilidade de uma reintegração de posse, a ação poderá se tornar uma carnificina.

Mais informações na reportagem de Léo Carvalho:

Uma resposta a Moradores do assentamento Glória discutem nova ordem da Justiça Federal

  1. Cristiano disse:

    é difícil quando temos um judiciário frouxo e quando se tem um advogado desses aplaudindo o errado….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *