Celular de padre suspeito de estupro tinha fotos pornográficas, diz delegada

A Polícia Civil ouviu na manhã desta segunda-feira, 5, testemunhas sobre o caso do padre da cidade de Frutal-MG suspeito de abusar sexualmente de um adolescente de 15 anos em Caldas Novas-GO.

O fato teria ocorrido no sábado, 4, na sauna de um clube. Segundo a delegada responsável pelo caso, Sabrina Leles de Lima Miranda, o celular do pároco Fabiano Santos Gonzaga, de 28 anos, foi apreendido e nele foram encontradas fotos e conversas de cunho erótico.

Sem dar muitos detalhes, a delegada afirma que as imagens e conversas têm “fundo pornográfico e homossexual”. A vítima é deficiente mental moderado. Ele deu a mesma versão para a mãe, a delegada, conselho tutelar, psicólogos e duas amigas da família. “Com isso a vítima demonstrou ser coerente em seu depoimento. E domo não tem vestígio material, a palavra da vítima tem muita força”, ressaltou Sabrina.

Já o padre demonstrou uma reação “atípica”, segundo Sabrina. “Ele não se defende.”

 

Como o adolescente é deficiente, Fabiano Santos Gonzaga poderá responder por estupro de vulnerável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *