Ônibus arrasta dois veículos estacionados no Centro de Uberlândia

Previous Image
Next Image

info heading

info content


 

Um acidente entre um ônibus do transporte coletivo de Uberlândia e dois veículos parados foi registrado na madrugada desta terça-feira, 17 de maio, na Avenida Afonso Pena, Bairro Aparecida, região central da cidade.

Segundo informações com testemunhas no local, o ônibus seguia pela Avenida quando colidiu contra uma Kombi que estava estacionada. Ela foi arrastada por aproximadamente 20 metros e ambos atingiram um Gol que também estava parado.

A informação é de que o motorista do ônibus nem chegou a frear. Ele teria dito ao proprietário da Kombi que cochilou ao volante. Danilo disse que estacionou o veículo à noite e descansava no apartamento, quando ouviu o barulho do acidente. Ao descer viu a perua totalmente destruída, longe do local de estacionamento.

O motorista foi retirado imediatamente do local. Segundo um representante da empresa São Miguel, que não gravou entrevista, ele não se feriu.

A Polícia Militar (PM) registrou os prejuízos materiais, que ficarão a cargo da empresa.

Por meio de nota, a São Miguel informou que o ônibus não estava operando em uma linha do Sistema Integrado de Transporte, e sim retornando à garagem com a presença apenas do motorista, após fazer serviços de ordem interna.

A nota diz ainda que o motorista em questão estava realizando jornada de trabalho normal, tendo iniciado a iniciado às 19h e realizado intervalo para refeição previsto na CLT. “Cabe informar que entre um dia de trabalho e o outro o funcionário usufruiu ainda de mais de 14 horas de descanso antes de iniciar sua escala.”

Ainda conforme a empresa, o funcionário participou recentemente de dezenas de horas de treinamento, estando absolutamente apto para realizar suas funções.

Atribuímos o ocorrido a uma fatalidade e estamos prestando a assistência devida aos envolvidos.”

Carolina Vilela com informações de Bruno Rocha

 

Uma resposta a Ônibus arrasta dois veículos estacionados no Centro de Uberlândia

  1. O negócio é que ele precisa trabalhar em outro emprego pela tarde. Ou seja, essas 14 horas de descanso que ele tem, ele precisa trabalhar para sobre e pagar altos impostos e manter o padrão de vida dos políticos, os desvios de dinheiro.

    Lembrando que não sou de partido nenhum, todos são bandidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *