Violência: Uberlândia registra morte, tiros e facadas menos de 10h

Uberlândia registrou três ocorrências de crime contra a vida na madrugada e manhã deste domingo, 22 de novembro, num período de menos de 10 horas.

O primeiro foi por volta de 3h, em um bar da Rua Rio Reno, Bairro Mansour. Uandro Ricardo da Costa, 28 anos, foi baleado e morreu. A suspeita é que o crime tenha passional, por um mal entendido. Amigos da vítima, que preferiram não se identificar, disseram que Uandro ainda pediu desculpas ao autor, mas a mulher “pôs pilha” para ele não deixar por isso mesmo.

Informações à Polícia Militar (PM) são de que a vítima teria mexido com a mulher do autor.

O homem teria ficado indignado com a situação e atirou na cabeça de Uandro, que morreu na hora. O suspeito de cometer o crime foi identificado como Wanrlei Wanbask Soares, 20, e não foi encontrado. Este foi o homicídio de número 120 em Uberlândia em 2015.

Vai cobrar dívida e é esfaqueado

Já às 8h30, a PM foi acionada na Rua Professor Ciro de Castro Almeida, no Bairro Custódio Pereira, para uma tentativa de homicídio. Um homem foi esfaqueado várias vezes ao tentar cobrar uma dívida.

Fábio Júnior Soares de Lima, de 27 anos, teria ido cobrar uma dívida, quando se desentendeu com o irmão do devedor. O homem foi identificado como Leandro José da Silva, de 26 anos. Na briga, Fábio acabou levando a pior. O valor da dívida seria R$ 10 mil.

A vítima foi levada em estado estável para o Pronto Socorro da Universidade Federal de Uberlândia.

Andarilho é esfaqueado por causa de mulher

Por volta de meio dia, o andarilho Wemerson José Máximo, de 35 anos, foi esfaqueado em plena Praça Tubal Vilela, região central de Uberlândia. O suspeito de cometer o crime também é morador de rua, Zaldo Franco de Lima, de 39 anos. ELe não foi preso.

A Polícia suspeita que seja um crime passional por ciúmes, segundo informações preliminares colhidas com a vítima. Wemerson foi levado em estado grave para o PS-UFU. O estado de saúde dele é estável.

 

Com informações de Vinícius Lemos

6 respostas a Violência: Uberlândia registra morte, tiros e facadas menos de 10h

  1. anonimo disse:

    Na verdade o primeiro Homicídio aconteceu por volta das 03:15 e teve inicio em frente a escola Cecy Cardoso (Mansour), onde fomos acordados pelos tiros e correria de duas pessoas de moto atras de três pessoas a pé (parecia um grupo de amigos) que saíram em disparada rumo a rotatória que entra para os prédios do cidade verde, de repente o rapaz que foi assassinado passou correndo pela rotaria e desceu para a rua onde foi assassinado, enquanto os outros dois caíram na rotaria, do lado onde ficava uma empresa de concreto, porem os da moto, perseguiram mesmo apenas um, o que desceu a rua….

  2. zika disse:

    SÓ TIRO PORRADA E BOMBA KKK

  3. justiça disse:

    Estamos indignados o Wanrley matou o uandro de covardia so porque olhou para mesa dele nem mexeu com a mulher dele, isso foi ele com essa mente duentia quem deduziu, falou que ia buscar uma arma foi buscou, procurou eles pelas ruas, quando encontrou eles atirou 5 vezes fora o tiro da cabeça, chutou ele no chão antes de matar ele, mandou mexer com a namorada dele agora, e agora vem com essa historia que o tiro foi acidental e sai pela porta da frente?, aqui no brasil e muito facíl matar e só sair do flagrante e voltar fazendo novela como se tivesse arrependido, esperamos que algum juiz manda prender esse vagabundo covarde que ja tem passagens de sobra saiu da cadeia a pouco tempo e agora fica ai matando trabalhador para fazer fama de bandidão na malandragem e inventando que o cara “talarico” a namorada dele….
    QUEREMOS JUSTIÇA NADA MAIS QUE ISSO

  4. Se eu fosse vcs num ficava com muita ideia não e conformava com a morte só de um pq já matou um pra acaba com o resto dessa familia pouco custa intendeu ? Ou não ?

  5. joao disse:

    Vcs ainda tem coragem de ameacar a familia do cara ainda cuzao seus pilantra de certo e tudo um bando de trabalhador ne pra vc ta ameacando quero ver vc pagar de doido aqui na cadeia taliba seu cuzao do caralho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *