Idosa reage e mata assaltante em fazenda de Presidente Olegário

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

Um criminoso se deu mal ao tentar assaltar uma fazenda na noite de sábado, 7 de novembro, em Presidente Olegário, no Triângulo Mineiro. Breno Júnio da Silva, de 26 anos, foi morto a tiro pela vítima, uma idosa de 61 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM) o segundo bandido conseguiu fugir e ainda é procurado.

Dois autores em uma motocicleta invadiram a fazenda e chamaram proprietário. Armados, eles renderam os moradores, Antônio Borges Souto, de 84 anos, e a mulher dele, Geny Miranda Borges, de 61 anos. Os idosos foram agredidos durante a ação, porque os bandidos não conseguiram abrir o cofre. A mulher disse ter levado pelo menos quatro coronhadas na cabeça.

Os assaltantes vasculharam a casa em busca de dinheiro e objetos de valor. No momento da fuga, eles não esperavam pela reação das vítimas. O casal guardava em casa uma bereta .635. A mulher contou aos militares que efetuou dois disparos. Um atingiu Breno Júnio nas costas. Ele ainda chegou a correr, mas caiu ainda dentro do terreno e morreu a 70 metros da casa.

Na cintura de Breno, os policiais encontraram uma garrucha calibre .32 com duas munições intactas, além de documentos de uma motocicleta e R$ 75 em dinheiro. Ele tinha várias passagens policiais.

Eles levaram três celulares, um cordão de ouro e uma quantia em dinheiro não informada. 

O casal de idosos ficou bastante abalado com o ocorrido e foram levados para receber atendimento médico.

6 respostas a Idosa reage e mata assaltante em fazenda de Presidente Olegário

  1. Guerreiro disse:

    Aposto que a senhora ainda vai responder por homicídio aff

  2. Elielda disse:

    acho que o nome das vítimas deveriam ser preservados, é muita exposição sem necessidade já no caso do bandido colocaram só o primeiro nome, os valores estão invertidos, não?

  3. Joaquim Melo disse:

    O Prefeito de Presidente Olegário deverá outorgar a esta senhora uma medalha de honra ao mérito por ter nos livrados de mais verme. Que ele esteja ao lado do capeta, pois bandido bom é bandido morto. Parabéns dona Geny Miranda.

  4. Indignada disse:

    Do jeito que os Direitos Humanos são para bandidos, vai aparecer alguém para julgar essa senhora e dizer que ela agiu erroneamente. Vai dizer que ela foi errada em atirar pelas costas e tudo mais!!!! Mas não aprecem para falar da conduta errada desses vagabundos!!

  5. Geraldão disse:

    Parabéns vovó!!! Menos uma mala para nos atormentar…

  6. Arnaldo disse:

    Depois ainda vem uns ibbecis e falam em disarmar os cidadães ddo bem,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *