Polícia confirma: corpo queimado é de mulher desaparecida

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

A Justiça decretou na tarde de quinta-feira (10) a prisão de Willian Sena de Oliveira suspeito de assassinar Deiviane Melo da Silva, de 36 anos, desaparecida no último domingo (6). De acordo com a perícia, foi constatado que o corpo carbonizado é de Deiviane, encontrado no bairro Distrito Industrial, em Uberlândia.

Polícia encontra corpo carbonizado próximo ao Distrito Industrial

 

Após um pedido da Polícia Civil, foi entendido que o marido da vítima pode ser o principal suspeito do crime.

O corpo de Deiviane foi encontrado queimado em um terreno. No local, além do corpo carbonizado, um tufo de cabelo e um tecido estampado eram um dos principais vestígios do assassinato.

Família diz que corpo carbonizado é de mulher desaparecida em Uberlândia

Segundo informações, o marido tirou a vítima de casa, deu vários golpes violentos e a enrolou com uma lona. Ele jogou o corpo da mulher em um terreno e ateou fogo em seguida. Mais tarde, o autor foi até um posto de gasolina e lavou o veículo para eliminar as provas do crime.

Willian teria prestado depoimento à polícia dias depois do desaparecimento da esposa e negou participação no crime. De acordo com a PC, ele é considerado foragido.

Com informações de André Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *