Em forma de protesto, ciclistas acompanham cortejo de amigo atropelado

 

Na tarde do último domingo, 23 de novembro, amigos e familiares de Selim Cecílio, de 38 anos, morto depois de ser atropelado por um veículo de passeio, na manhã do sábado, 22 de novembro, acompanharam o cortejo dele de bicicletas, como forma de protesto.

O cortejo passou por bairros como Copacabana e Daniel Fonseca terminando no Cemitério São Pedro, Bairro Martins, onde o corpo foi sepultado.

Selim foi atropelado enquanto trafegava de bicicleta, na rodovia Neuza Rezende, a aproximadamente 10 km de Uberlândia, ao lado de outros dois amigos, onde a condutora de um veículo de passeio perdeu o controle da direção e atingiu o homem.

A vítima chegou a ser socorrida logo após o acidente e encaminhada ao Hospital de Clínicas da UFU, em estado grave e com suspeita de traumatismo craniano. No hospital, ele foi submetido a cirurgia, mas não resistiu e veio a óbito por volta das 23h40 de sábado, 22.

Um internauta do Portal Uipi nos enviou fotos e um vídeo, que mostra momentos do cortejo.

4 respostas a Em forma de protesto, ciclistas acompanham cortejo de amigo atropelado

  1. Bin Lobo disse:

    Porque protesto? Foi uma fatalidade. Sinto muito pela família, mas fatalidades não da pra evitar. A condutora perdeu a direção e infelizmente no lugar errado e na hora errada. Brasileiro quer protestar pra tudo agora.

  2. andrea silva faria disse:

    Cade o nome e a foto da safada? deve ser da alta sociedade e o jornal não quer divulgar para não sobrer perseguição né

    • Roberto Haddad disse:

      Amigo , não acredito que na manhã do sábado, 22 a motorista tenha acordado e pensado hoje eu vou matar um ciclista . todos estamos sujeitos a tragédias . Apascente seu coração já deve estar sendo difícil para a família do rapaz e para motorista conviverem um com a dor outro com a culpa . ira e vingança não vão trazer Selim de volta

  3. jacobes disse:

    não sei quem é mais ignorante, o editor da reportagem que diz ser um protesto o ato dos ciclistas acompanharem o cortejo, ou o senhor bin lobo, indignado com esta falacia…data vênia pessoal, quando forem relatar ou obsevar uma informação , analise o contexto, e a etimologia da palavra. protesto não é sinônimo de homenagem…fica bem clara o animus de homenager e não de protestar nas imagens veiculadas. mas ética por favor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *