Cinco suspeitos de homicídios em Uberlândia são apresentados pela PC

PRESOSCinco pessoas, quatro homens e uma mulher, suspeitas de terem cometido assassinatos na cidade de Uberlândia entre 2012 e 2014 foram apresentadas pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira, 20 de novembro. Os delegados de Homicídios, Bernardo Penna Sales e Mateus Ponsancini, disseram que os crimes têm relação com o tráfico de drogas.

Os presos são Fábio Anderson Santos, 21, Hugo de Carvalho Neto, 37, Marcos da Fonseca, Rafael Alves dos Santos, ambos de 21 anos, e Kelen Cristina Barbosa da Silva, 35.

Fábio Santos, segundo o delegado Sales, seria autor do homicídio do adolescente Diego Gonçalves Pereira Martins, de 16 anos, em janeiro de 2013, no Bairro Luizote. O preso tem passagens por receptação, porte ilegal de arma de fogo e homicídio.

Outro suspeito, Hugo Neto, teria matado Victor de Oliveira Silva, de 18 anos, em maio de 2013, no Bairro Tocantins. Dois comparsas desta ação criminosa estão mortos.

Os demais casos foram investigados pelo delegado Mateus Ponsancini. Marcos da Fonseca e Rafael Alves seriam os mandantes do homicídio de Marcos Valadão Alves, de 30 anos, no início de outubro deste ano, no Bairro Umuarama. Os executores do crime, um adolescente e um maior, foram presos.

A mulher presa, Kellen Cristina, é suspeita de integrar uma quadrilha suspeita da tentativa de homicídio de Lucas Brasileiro, em julho de 2012. A mulher teria atraído a vítima para uma emboscada na BR-497, Bairro Mansour, onde comparsas atiraram na boca, costas no peito do menor, que escapou da morte. A vítima tinha passagens, foi condenado e cumpre pena de 20 anos pelo latrocínio de um sargento do Corpo de Bombeiros. O crime teria sido motivado pela disputa por ponto de tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *