Começa a fiscalização do período de Piracema, que segue até 28 de fevereiro

PiracemaComeçou no dia 1º de novembro e vai até o dia 28 de fevereiro  de 2015 a Piracema. Durante esse período acontece a reprodução dos peixes e está proibida a captura, o transporte e o armazenamento de espécies nativas.

Para pescar nos rios da região é preciso ficar atento a várias normas nesta época do ano. A fiscalização da Polícia de Meio Ambiente já teve início.

Está liberada a pesca amadora para quem tem a carteirinha do IEF, mas a quantidade por dia é até três quilos mais um exemplar. Só é permitido usar vara de mão, molinete ou carretilha e mesmo assim até cinco equipamentos de pesca. Rede nem pensar.

A sansão depende de cada caso. Para a situação mais extrema pode haver detenção de um a três anos e até 50 mil reais de multa.

Em Minas Gerais as espécies que podem ser pescadas são: Bague africano, Black bass, carpa, corniva, peixe-rei, sardinha de água doce, piranha preta, tilápia, tucunaré e zoiudo.

Em lagoas e lagos marginais, ou seja, aqueles que são formados pela água de rio também não pode haver pesca.

Em 2013 foram 675 operações de combate à pesca; 549 patrulhamentos aquáticos; 56 boletins de ocorrências; 2,7 mil pessoas fiscalizadas; 28 conduzidos; 1407 recolhimentos; redes recolhidas foram 278; 83 autuações; 855 quilos de pescados; as autuações totalizaram 131.878,96.

Por Fernando Souza

 

E em Ituiutaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *