Massagista do Aparecidense é suspenso e time expulso

Massagista foi suspenso por 24 partidas e paga multa de R$500

Massagista foi suspenso por 24 partidas e paga multa de R$500

Em última instância o supremo tribunal de justiça desportiva decidiu na tarde desta quinta-feira, 26, por maioria de votos, excluir o Aparecidense da Série D do Campeonato Brasileiro. A punição dada em primeira instância foi mantida, sendo assim, o massagista do time goiano fica suspenso por 24 partidas e ainda deve pagar multa no valor de R$500. O time, além de ser excluído da competição nacional ainda deve pagar multa no valor de R$100. O árbitro da partida foi absolvido

O Tupi segue na competição e as datas para os jogos das quartas de final, contra o Mixto já foram definidas. Na próxima quarta-feira, 02, será o jogo de ida e domingo, 06, o de volta.

O time goiano e o procurador do STJD, Paulo Schmitt, recorreram da decisão alegando que o Aparecidense foi julgado no artigo 205. Segundo ambas as partes, deveria ser julgado no artigo 243, que aplica uma multa sobre a equipe, mas mantém o resultado da partida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *